Como o riso era concebido no século XVI

Autores

  • Vera Cecília Machline

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31731999000100002

Resumo

Este artigo considera que o riso desperta, pelo menos no mundo ocidental, um misto de cautela no trato social e prestígio de ordem terapêutica desde os tempos bíblicos. No século XVI, em particular, afora buscar-se conhecer a natureza do risível, amiúde recomendava-se rir com moderação por motivos não só de urbanidade, como também de fisiologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1999-01-01

Como Citar

Machline, V. C. (1999). Como o riso era concebido no século XVI. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 21(1), 11–19. https://doi.org/10.1590/S0101-31731999000100002

Edição

Seção

Artigos e Comentários