UMA ANÁLISE SOBRE MATERIALISMO ELIMINATIVO A PARTIR DO PENSAMENTO DA NAGEL

Autores

  • José Aparecido PEREIRA

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31732015000300004

Palavras-chave:

Filosofia. Ciência. Mente. Cérebro. Materialismo.

Resumo

Fazer uma abordagem sobre a análise de Nagel sobre o materialismo eliminativo no âmbito da filosofia da mente e, com base nisso, refletir sobre a relação entre ciência e filosofia constituem o objetivo fundamental desse artigo. A nossa abordagem encontra-se organizada a partir de dois momentos. Em primeiro lugar, pretendemos discorrer sobre o materialismo eliminativo, visto que essa corrente de pensamento, no contexto da filosofia da mente, condensa e circunscreve de modo
mais explícito as discussões acerca dos problemas da relação mente e cérebro, sob o viés de uma ótica cientificista. Em segundo lugar, tendo em vista os pressupostos teóricos do pensamento de Nagel, o nosso propósito consiste em apontar possíveis problemas, lacunas e limites subjacentes às teses
defendidas pelos adeptos do eliminativismo. Ainda, a título de conclusão, pretendemos evidenciar quais as principais implicações para a filosofia, uma vez que esse reducionismo cientificista tende a conceder à ciência ou à explicação científica a última palavra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Aparecido PEREIRA

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Downloads

Publicado

2015-09-30

Como Citar

PEREIRA, J. A. (2015). UMA ANÁLISE SOBRE MATERIALISMO ELIMINATIVO A PARTIR DO PENSAMENTO DA NAGEL. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 38(03). https://doi.org/10.1590/S0101-31732015000300004

Edição

Seção

Artigos e Comentários