Comentário a “Por que somos o nosso cérebro: o enativismo posto em questão”: cerebralismo radical

Autores

  • César Fernando Meurer UENF

Palavras-chave:

Comentário

Resumo

Referência do artigo comentado: PEREIRA, R. H. S.; SOUZA FILHO, S. F. de; BARCELLOS, V. M. Por que somos nossos cérebros. O enativismo posto em questão. Trans/form/ação: revista de Filosofia da Unesp, v. 46, n. esp. “Filosofia Autoral Brasileira”, p. 517-554, 2023.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

César Fernando Meurer, UENF

Professor Associado de História da Filosofia no Laboratório de Cognição e Linguagem da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), Campos dos Goytacazes, RJ - Brasil. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-9504-0325.

Referências

ADAMS, F.; AIZAWA, K. The bounds of cognition. Malden, MA: Wiley-Blackwell, 2010.

AZIZE, R. Uma neuro-weltanschauung? Fisicalismo e subjetividade na divulgação de doenças e medicamentos do cérebro. Revista Mana, v. 14, n. 1, p. 07-30, 2008. https://doi.org/10.1590/S0104-93132008000100001.

AZIZE, R. O cérebro como órgão pessoal: uma antropologia de discursos neurocientíficos. Revista Trabalho, Educação e Saúde, v. 8, n. 3, p. 563-574, 2010. https://doi.org/10.1590/S1981-77462010000300014.

CLARK, A.; CHALMERS, D. The extended mind. Analysis, v. 58, n. 1, p. 07-19, 1998. https://doi.org/10.1093/analys/58.1.7.

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA. Subsídios para a campanha “Não à medicalização da vida”. Brasília: CFP, 2012. Disponível em: https://site.cfp.org.br/wp-content/uploads/2012/07/Caderno_AF.pdf. Acesso em: 02 jan. 2023.

DANCE, A. Smart drugs: a dose of intelligence. Nature, v. 531, S2-S3, 2016. https://doi.org/10.1038/531S2a.

MENARY, R. (ed.). The extended mind. Cambridge, MA: MIT Press, 2010.

PEREIRA, R. H.; SOUZA FILHO, S.; BARCELLOS, V. M. Por que somos o nosso cérebro: o enativismo posto em questão. Revista Trans/Form/Ação, v. 46, n. esp. “Filosofia Autoral Brasileira”, p. 517-554, 2023.

Recebido: 12/02/2023

Aceito: 20/02/2023

Publicado

2023-07-08

Como Citar

Meurer, C. F. (2023). Comentário a “Por que somos o nosso cérebro: o enativismo posto em questão”: cerebralismo radical. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia Da Unesp, 46, 555–560. Recuperado de https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/transformacao/article/view/14813

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.