Dialética e retórica em Pedro Abelardo

Autores

  • João Carlos Salles Pires da Silva

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31731996000100017

Palavras-chave:

Abelardo, Dialética, Retórica, Redução ao absurdo, Autoridade

Resumo

Abelardo é reconhecido como um argumentador temível. Neste texto, procuramos mostrar como o uso de expedientes retóricos e o refinamento de sua técnica argumentativa associam-se intimamente e encontram em sua obra uma justificação teórica. Assim, recursos (como a redução ao absurdo), que parecem apenas garantir.o sucesso e sobrevivência do mestre itinerante, apontam para a defesa filosófica da independência da linguagem; deste modo, ao tempo em que denunciam a extrema inserção do filósofo em seu contexto histórico e sua preocupação com seu específico público, condensam elementos de sua autonomia intelectual e pioneirismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1996-12-01

Como Citar

Silva, J. C. S. P. da. (1996). Dialética e retórica em Pedro Abelardo. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 19, 221–230. https://doi.org/10.1590/S0101-31731996000100017

Edição

Seção

Artigos e Comentários