LUTAS E RESISTÊNCIAS NA INTELECTUALIDADE

Autores

  • Adriano Ramos de Souza
  • Erineu Foreste

DOI:

https://doi.org/10.36311/2526-1843.2021.v6n8.p112-127

Palavras-chave:

Educação do campo. Formação continuada. Cultura Máxima.

Resumo

O trabalho aborda na perspectiva da resistência os Movimentos Sociais e a formação de professores do campo a partir do Curso de Aperfeiçoamento Escola da Terra Capixaba. Foi realizado no Grupo de Pesquisa (CNPq) “Culturas, Parcerias e Educação do Campo” do Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGE da Universidade Federal do Espírito Santo – UFES. Nasce do inconformismo com o silenciamento das vozes do campo, com o apagamento das culturas e com a minorização dos povos campesinos, impostos pela “cultura” dominante. Apoiado em pensadores como Antônio Gramsci, Paulo Freire, este trabalho busca contribuir para o entendimento dos professores como intelectuais orgânicos e na valorização das Culturas como processo educativo em um esforço de emancipação dos sujeitos. Nesse contexto os diálogos com os professores da Educação do Campo beneficiaram-se de abordagens metodológicas qualitativas (FICHTNER et al., 2013), em diálogo com as questões dessa pesquisa, foram registrados na busca por captar os sentidos produzidos pela formação de forma coletiva pelo Curso de aperfeiçoamento Escola da Terra Capixaba. Portanto, discutir a formação de professores do campo com base nas parcerias colaborativas é reconhecer que as vozes desses sujeitos concretizam culturas e conhecimentos de contextos sociais campesinos invisibilizadas pelo projeto hegemônico de desenvolvimento e progresso e, por isso mesmo, potencializam outro modo de pensar e fazer educação que não ditocomizar as culturas que constituem a escola e seu entorno. Essa disposição de partilhar e trabalhar em colaboração é a via pela qual as comunidades do campo produzem suas existências, suas culturas, enfim, a educação...

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARROYO, M. G. CALDART, R. S. MOLINA, M. C. (Org). Por uma educação do campo. Petrópolis. – RJ: Vozes, 2011.

ARROYO, M. Palestra sobre “educação básica e os movimentos sociais (Org). In: A educação básica e o movimento social do campo. Brasília, 1999.

BALDOTTO, O. Educação do campo em movimento: dos planos à ação pedagógica em escolas multisseriadas e anos iniciais de São Mateus e Jaguaré (ES). 2016. Dissertação de Mestrado em Educação. Universidade Federal do Espírito Santo. Disponível em: <http://repositorio.ufes.br/bitstream/10/5324/1/tese_9623_Dissertacao%20Ozana.pdf> Acesso em: mar. 2017.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação. Lei nº 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L9394.htm>. Acesso em: nov. 2018.

_______. Constituição Federal do Brasil de 1988. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm>. Acesso em nov. 2018.

_______. Constituição Federal do Brasil de 1824. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao24.htm>. Acesso nov. 2018.

_______. Lei nº 9.424, de 24 de dezembro de 1996. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L9424.htm>. Acesso nov. 2018.

_______. Lei nº 10.172, de 9 de janeiro de 2001 Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10172.htm>. Acesso nov. 2018.

_______. Lei nº 12.960, de 27 de março de 2014 Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2014/Lei/L12960.htm>. Acesso nov. 2018.

_______. Lei nº 10.172, de 9 de janeiro de 2001 Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10172.htm>. Acesso em nov. 2018.

_______. Lei de 15 de outubro de 1827. Disponível em: < http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei_sn/1824-1899/lei-38398-15-outubro-1827-566692-publicacaooriginal-90222-pl.html>. Acesso em nov. 2018.

______. Escola da Terra. 2014, Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/pnlem/194-secretarias-112877938/secad-educacao-continuada-223369541/18725-escola-da-terra>. Acesso nov. 2017

______. MEC. Programa Nacional de Educação do Campo: PRONACAMPO Documento Orientador. Brasília, 2013. Disponível em < http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=13214-documento-orientador-do-pronacampo-pdf&Itemid=30192> Acessado em fev. 2018.

CALDART, R. S. (Org.). Educação do campo: Identidade e Políticas Públicas. Brasília, DF: Articulação Nacional por uma Educação do Campo, 2002. Coleção Por uma Educação do Campo, nº 4.

CIAVATTA, M. A memória dos Trabalhadores de Classes Subalterna a Construtores de Democracia. Trabalho & Educação (UFMG), Minas Geris, v. 11, 2002.

CONEC. I Conferência Nacional por uma Educação do Campo: “Por uma política Pública de Educação do Campo”; Brasília (DF), 1998.

___________. II Conferência Nacional por uma Educação do Campo: “Por uma política Pública de Educação do Campo”. Luziânia (GO), 2004.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E CÂMARA DE EDUCAÇÃO BÁSICA - CNB/CEB 36/2001. Diretrizes Operacionais para a Educação Básica nas Escolas do Campo. Resolução nº1, de 3 de abril de 2002.

ESCOLA DA TERRA CAPIXABA: Manual. Disponível em: <http://www.educacaodocampo.ufes.br/sites/educacaodocampo.ufes.br/files/field/anexo/manual_etc_slim.pdf> Acesso em dez. de 2018

FICHTNER, B.; FOERSTE, E.; LIMA, Marcelo e SHUTZ-FORESTE, G. M. Cultura, Dialética e Hegemonia: Pesquisas em Educação. Vitória/ES: EDUFES, 3ª ed. – Curitiba: Appris, 2020.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. 51 eds., Rio de Janeiro: Paz & Terra, 2015.

______. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.

______. Pedagogia da esperança. Um reencontro com a Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

______. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1969.

FOERSTE, E. Parceria na formação de professores - São Paulo: Cortez, 2005.

FORQUIN, Jean C. Escola e Cultura: as bases sociais e epistemológicas do conhecimento escolar. Porto Alegre. Artes Médicas, 1993.

GERKE, J. Formação e profissão docente do campo. 1ª Ed. Curitiba: Appris, 2018.

GOHN, M. G. 500 anos de lutas sociais no Brasil: movimentos sociais, ONGs e terceiro setor. Revista Mediação, Londrina, v. 5, n.1, p. 11-40, jan./jun. 2000.

GRAMSCI, A. Os Intelectuais e a Organização da Cultura. 3. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1979.

______. Cadernos do cárcere - Introdução ao Estudo da Filosofia. A Filosofia de Benedetto Croce. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1999. 494 p. v. 1.

______. Cadernos do cárcere - Os Intelectuais. O Princípio Educativo. Jornalismo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000a. 334 p. v. 2.

______. Cadernos do cárcere - Maquiavel. Notas sobre o Estado e a política. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000b. 428 p. v. 3.

______. Cadernos do cárcere - Temas de cultura. Ação Católica. Americanismo e fordismo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001. 394 p. v. 4.

HAGE, Salomão Antônio Mufarrej. Curso de aperfeiçoamento da escola da Terra. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/ultimas-noticias/202-264937351/20650-curso-de-aperfeicoamento-reune-400-professores-paraenses> Acessado em mar. 2016.

HOBBES, T. O Leviatã. Tradução de João Paulo Monteiro e Maria Beatriz Nizza da Silva. São Paulo: Abril Cultural, 1979.

LOCKE, J. Segundo tratado sobre o governo civil e outros escritos. Tradução Magda Lopes e Marisa Lobo da Costa. Petrópolis, RJ: Vozes, 1994.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO – MDA. Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). PRONERA. MANUAL DE OPERAÇÕES. Edição Revista e Atualizada. Brasília, abril de 2004. Aprovado pela Portaria/INCRA/P/Nº 282, de 26 abril de 2004)

NÓVOA, A. A formação da profissão docente. In: NÓVOA, A. (org). Os professores e a sua formação. Lisboa: Publicações D. Quixote/Instituto de Inovação Educacional, 1992.

NOSELLA, P.; AZEVEDO, M. L. N. A educação em Gramsci. Teorias Práticas da Educação. v. 15. Campinas, SP. Alínea, 2012.

______. Educação no campo: origens da pedagogia da alternância no Brasil / Paolo Nosella. Vitória: EDUFES, 2012. 288 p.: il. – (Educação do Campo. Diálogos interculturais).

______. Gramsci e os Novos Embates da Filosofia da Práxis. 3ª ed. Aparecida, São Paulo. Ideias & Letras, 2015.

SOUZA, A. R. ESCOLA DA TERRA CAPIXABA NA BACIA DO RIO DOCE. Dissertação de Mestrado em Educação, PPGE/Ufes, Vitória, 2019

Downloads

Publicado

2021-06-30