Considerações sobre o ensino de sociologia no ensino médio e a teoria histórico-cultural

Palavras-chave: Ensino de Sociologia, Teoria Histórico Cultural, Sociologia da Educação, Prática pedagógica

Resumo

Seja na formação de professores, no âmbito acadêmico ou em sala de aula, o ensino de sociologia para o ensino médio e sua prática apresentam características peculiares e desafios a serem superados; apesar do histórico da disciplina no país apresentar longa trajetória, foi através da Lei 11.684/08 que esta permaneceu de forma permanente nos currículos oficiais da última década. A preocupação em construir o campo científico e acadêmico das Ciências Sociais era prioridade e assim, a disciplina escolar sofre distinção das demais, sendo passível de descarte ou substituição. O principal argumento em relação à “fragilidade” da disciplina se refere à complexidade de conteúdos e sua possível utilidade na formação básica dos adolescentes. Nesse sentido, como podemos construir uma prática pedagógica que possibilite a adequada transposição escolar dos conteúdos, além de afirmar a relevância da Sociologia na educação básica? O presente artigo busca refletir sobre uma prática pedagógica transformadora para a disciplina escolar de sociologia, através das contribuições da Teoria Histórico-Cultural em relação ao ensino e aprendizagem. Para tal, buscou-se problematizar o papel da escola na sociedade capitalista e compreender o papel das Ciências Sociais na instituição escolar, através do dispositivo pedagógico de desnaturalização dos fenômenos sociais e a relação intermitente da disciplina com os modelos de currículos. Por fim, considera-se que os aportes teóricos oferecidos pela Teoria Histórico-Cultural na disciplina de sociologia possibilitam atividades de aprendizagem mediadas atribuídas de sentido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Letícia Lima de Souza, Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC) – UNESP/campus de Marília

Mestranda em Sociologia pelo Mestrado Profissional em Sociologia em Rede Nacional (PROFSOCIO/ FFC UNESP).

Publicado
2019-12-20
Seção
Encarte Especial