Pressuposto ético da alteridade na hermenêutica filosófica à luz do Sofista de Platão

Autores

  • Luiz Rohden Universidade do Vale dos Sinos (UNISINOS)
  • Leonardo Marques Kussler Universidade do Vale dos Sinos (UNISINOS)

DOI:

https://doi.org/10.1590/0101-3173.2021.v44n3.21.p257

Palavras-chave:

Hermenêutica Filosófica, Hermenêutica Ética, Alteridade, Gadamer, Platão, Sofista

Resumo

A teoria filosófica de Gadamer comporta a proposta da hermenêutica filosófica enquanto um projeto ético. Embora o autor não tenha abordado essa relação de forma sistemática, propomos, aqui, explicitar e aprofundar a noção de alteridade enquanto pressuposto ético fundamental da hermenêutica gadameriana à luz do Sofistade Platão. Para tanto, na primeira seção, abordaremos a estrutura e as formas de interação do conceito de outrotal como apresentado por Platão no Sofista, que trata de aspectos da identidade, da diferença, da coexistência do eue do outroenquanto princípios metafísicos. Em um segundo momento, proporemos uma percepção possível da apropriação de Gadamer relativamente aos conceitos platônicos que dialogam entre si por meio da dialética a partir da subjetividade moderna. Desse modo, justificaremos que os traços fundamentais da ética hermenêutica têm base em princípios não autoexcludentes, visto que não se exige o assujeitamento do outro como condição da formação e da manutenção identitária de si. Por fim, reconduziremos a hipótese de que o outro hermeneuticus é tão importante quanto o eu hermeneuticus para a compreensão de si e do mundo, em uma relação copartícipe, que não nega diferentes modos de ser para se afirmar com  significativas implicações pessoais e sociopolíticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Rohden, Universidade do Vale dos Sinos (UNISINOS)

Possui graduação em Filosofia Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia/ Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)(1990), mestrado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1994), doutorado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2000) [doutorado Sanduíche pela Universidade de Heidelberg], pós-doutorado em Filosofia pelo Boston College - EUA (2006; pós-doutorado em Filosofia pela Penn State University - EUA (2015). Atualmente é Professor Titular I da Universidade do Vale do Rio dos Sinos e Bolsista PQ2 do CNPQ. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Hermenêutica, Fenomenologia, Metafísica, Ontologia, Filosofia Prática, Filosofia Antiga, atuando principalmente nos seguintes temas: hermenêutica filosófica, linguagem, jogo, dialética, filosofia da arte

Leonardo Marques Kussler, Universidade do Vale dos Sinos (UNISINOS)

Doutor em Filosofia e estágio pós-doutoral pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), São Leopoldo, RS – Brasil. Pesquisador Visitante DCR FAPEPI/CNPq na UFPI.

Referências

AMBUEL, D. Difference in Kind: Observations on the Distinction of the Megista Gene. In: BOSSI, Beatriz; ROBINSON, Thomas M. (ed.). Plato’s Sophist revisited. Berlin: De Gruyter, 2013. p. 247-268.

ARISTÓTELES. De Anima. Translated by R. D. Hicks. Cambridge: Cambridge University Press, 1907.

GADAMER, H-G, L. La incapacidad para el diálogo. In: GADAMER, H-G. Verdad y Método II. Salamanca: Sígueme, 1992. p. 203-210.

GADAMER, H-G, L. Europa y la oikumene. In: GADAMER, H-G. El giro hermenéutico. Madrid: Cátedra, 2001. p. 219-238.

GADAMER, H-G. Wahrheit und Methode, Gesammelte Werke 2. Tübingen: Mohr Siebeck, 1993a.

GADAMER, H-G. Über die Verborgenheit der Gesundheit. Frankfurt a.M.: Suhrkamp, 1993b.

GADAMER, H-G. Wahrheit und Methode, Gesammelte Werke 1. Tübingen: Mohr Siebeck, 1999.

GADAMER, H.-G. Da palavra ao conceito. In: ALMEIDA, C. L. S. de; FLICKINGER, H.-G.; ROHDEN, L. Hermenêutica Filosófica: nas trilhas de Hans-Georg Gadamer. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2000. p. 13-26.

GEORGE, T. Responsibility to Understand. In: HEIDEN, G.-J. (ed.). Phenomenological Perspectives on Plurality. Leiden: Brill, 2014. p. 103-120.

GRONDIN, J. Einführung in die Philosophische Hermeneutik. Darmstadt: Wiss. Buges, 1991.

HAMMERMEISTER, K. Hans-Georg Gadamer. München: C. H. Beck, 2006.

HEIDEGGER, M. Gesamtausgabe – Band 19 – Platon: Sophistes [1924-25]. Frankfurt Am Main: Vittorio Klostermann, 1992.

HUANG, Y. Interpretation of the Other: A Cultural Hermeneutics. In: CHOUE, I.; LEE, S.; SANÉ, P. (ed.). Inter-regional Philosophical Dialogues: Democracy and Social Justice in Asia and the Arab World. Seoul: Unesco, 2006. p. 189-204.

LIDDELL, H. G.; SCOTT, J. An Intermediate Greek-English Lexicon (Greek Edition). 9. ed. Oxford: Oxford University Press, 1996.

LIMA VAZ, H. C. Platônica: Escritos de Filosofia VIII. São Paulo: Loyola, 2011.

O’BRIEN, D. Does Plato refute Parmenides? In: BOSSI, B.; ROBINSON, T. M. (ed.). Plato’s Sophist Revisited. Berlin; Boston: De Gruyter, 2013. p. 117-156.

PLATÃO. Platonis Opera, Vol. I – Euthyphro, Apologia Socratis, Crito, Phaedo, Cratylus, Theaetetus, Sophista, Politicus. Greek texts ed. by John Burnet. Oxford: Oxford University Press, 1905. (In 5 volumes).

PLATÃO. Plato in Twelve Volumes, Vol. 12 – Cratylus, Theaetetus, Sophist, Statesman. Translated by Harold N. Fowler. Cambridge: Harvard University Press; London: William Heinemann, 1921.

RISSER, J. Hermeneutics and the voice of the Other: re-reading Gadamer’s Philosophical Hermeneutics. New York: State University of New York Press, 1997.

ROHDEN, L. Hermenêutica filosófica: uma configuração entre a amizade aristotélica e a dialética dialógica. Síntese, v. 31, p. 191-212, 2004.

ROHDEN, L. Pressupostos e implicações éticas da metafísica dialética na Carta Sétima de Platão. Revista Archai: Revista de Estudos sobre as Origens do Pensamento Ocidental, n. 17, p. 13-35, 2016. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/archai/article/view/8677/7357. Acesso em: 02 out. 2020.

SCHMIDT, D. J. On the sources of ethical life. Research in Phenomenology, v. 42, p. 35-48, 2012. Disponível em: https://brill.com/view/journals/rip/42/1/article-p35_3.xml. Acesso em: 02 out. 2020.

SCHMIDT, D. J. O Texto e o Jardim: A leitura do Fedro de Platão sobre a Leitura e a Tarefa Ética da Hermenêutica. In: ROHDEN, L. (org.). Hermenêutica e Dialética: entre Gadamer e Platão. São Paulo: Loyola, 2014. p. 169-187.

SCHÖNHERR-MANN, H-M. Ethik des Verstehens; Perspektiven der Interpretation – Ein Überblick. In: SCHÖNHERR-MANN, H-M (hrsg.). Hermeneutik als Ethik. München: Wilhelm Fink, 2004. p. 181-205.

SELIGMAN, P. Being and Not-Being: An Introduction to Plato’s Sophist. The Hague: Martinus Nijhoff, 1974.

SMITH, P. C. The Ethical Dimension of Gadamer’s Hermeneutical Theory. Research in Phenomenology, v. 18, p. 75-91, 1988. Disponível em: https://brill.com/view/journals/rip/18/1/article-p75_5.xml. Acesso em: 02 out. 2020.

Recebido: 28/8/2019

Aceito: 22/9/2020

Downloads

Publicado

2021-08-20 — Atualizado em 2021-08-27

Como Citar

Rohden, L., & Kussler, L. M. (2021). Pressuposto ético da alteridade na hermenêutica filosófica à luz do Sofista de Platão. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 44(3), 257–276. https://doi.org/10.1590/0101-3173.2021.v44n3.21.p257

Edição

Seção

Artigos e Comentários