A POLÍTICA NA ALCOVA

ECOS ESPINOSANOS EM SADE

Autores

  • MARIO VIDEIRA

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31732016000500002

Palavras-chave:

Sade (1740-1814), Espinosa (1632-1677), Tirania e superstição religiosa, A filosofia na alcova, Tratado teológico-político,

Resumo

O presente artigo tem por objetivo investigar a recepção do Tratado Teológico-Político de Espinosa, bem como sua crítica da religião pelo Marquês de Sade, numa obra bastante peculiar e que desafia todas as tentativas de classificação: La Philosophie dans le Boudoir. Em seu “Quinto Diálogo”, Sade insere um texto intitulado “Franceses, mais um esforço se quereis ser Republicanos”. Através do emprego desse artifício metalinguístico - um livro dentro de um livro - a política é agora introduzida na alcova e o leitor se dá conta de que a instrução de Eugénie não é meramente sexual, mas também uma educação filosófica e política. Por meio de sua crítica ao Cristianismo, na primeira seção do texto, Sade argumenta que a tirania e a superstição religiosa são âmbitos intimamente relacionados, e a teologia é um dos principais alicerces do poder político.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

MARIO VIDEIRA

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Downloads

Publicado

2017-01-17

Como Citar

VIDEIRA, M. (2017). A POLÍTICA NA ALCOVA: ECOS ESPINOSANOS EM SADE. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 39(Special Issue), 9–22. https://doi.org/10.1590/S0101-31732016000500002

Edição

Seção

Artigos e Comentários