O problema da propriedade privada para o jovem Marx

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/0101-3173.2019.v42n2.07.p123

Palavras-chave:

Marx, Proudhon, Estado, Propriedade privada, Democracia.

Resumo

O problema da perversão da comunidade social pela propriedade privada tornara-se para Marx, com o estudo dos socialistas utópicos e especialmente de Proudhon, bastante clara:  não sendo um desenvolvimento necessário, e sim casual, a propriedade privada  – e a cisão entre interesse particular e interesse geral dela proveniente – poderia ser subsumida. O presente artigo visa demonstrar como, na busca de um republicanismo de tom rousseauniano e crítico ao liberalismo burguês, o jovem Karl  Marx flertou com a crítica dos comunistas à propriedade privada. Para tanto, perpassa cinco artigos redigidos para a Gazeta Renana - o artigo de defesa contra o kantiano Hermes, a polêmica com o socialista Moses Hess, a resposta à Gazeta de Augsburg,  o artigo de crítica às resoluções da VI Assembleia da Província do Reno e o artigo Sobre a lei do roubo de lenha)  - e, ainda, a crítica de Proudhon à propriedade privada.

Recebido: 17/09/2016
Aceito: 08/12/2017

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Júlia Lemos Vieira, Universidade Federal de Goiás

Doutora em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, SP ? Brasil. https://orcid.org/0000-0001-6804-3742 E-mail: lemos.julia@gmail.com
Pós-doutoranda na área de Filosofia Política e Ética da Faculdade de Filosofia da Universidade Federal de Goiás. Autora dos livros Dinâmica dos fatores estruturais em Marx (Kelps, 2014) e Caminhos da liberdade no Jovem Marx (Anita Garibaldi, 2017).

Downloads

Publicado

2019-06-22 — Atualizado em 2022-07-22

Como Citar

Vieira, J. L. (2022). O problema da propriedade privada para o jovem Marx. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 42(2), 123–150. https://doi.org/10.1590/0101-3173.2019.v42n2.07.p123

Edição

Seção

Artigos e Comentários