REVERSÕES DA METAFÍSICA MORAL

ALGUMAS FORMAS DA ALTERIDADE EM A CONVIDADA

Autores

  • Sílvio ROSA FILHO

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-317320160002000010

Palavras-chave:

Simone de Beauvoir, Merleau-Ponty, Romance, Moral, Reversibilidade

Resumo

O romance A convidada, de Simone de Beauvoir, não é ainda a manifestação sensível da moral da ambiguidade propriamente dita. É possível, no entanto, compreender a relação entre alguns conceitos fundamentais que povoam a forma romanesca e a concepção da metafísica moral, tal como Merleau-Ponty a concebe, tanto no ensaio que o filósofo consagrou ao romance, quanto em suas anotações, em O visível e o invisível. A partir dessa relação, destacaremos três momentos distintos e complementares: das imagens negativas à tomada de decisão; as formas abstratas da alteridade e a alteridade concreta; da sedimentação dos conteúdos em movimento à forma da reversibilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-06-09

Como Citar

ROSA FILHO, S. (2016). REVERSÕES DA METAFÍSICA MORAL: ALGUMAS FORMAS DA ALTERIDADE EM A CONVIDADA. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 39(02). https://doi.org/10.1590/S0101-317320160002000010

Edição

Seção

Artigos e Comentários