DELEUZE EM DIÁLOGO COM FRÉMONT

TENTATIVAS DE LER LEIBNIZ

Autores

  • Gonzalo MONTENEGRO

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31732016000200008

Palavras-chave:

Gilles Deleuze, Christiane Frémont, Corpo, Singularidade, Incompossibilidade, Vice-dicção.

Resumo

Durante os anos oitenta, o filósofo francês Gilles Deleuze se concentra na leitura do pensador alemão do século XVII, G.W. Leibniz. Como resultado, publica em 1988 Le Pli, obra que forma parte da série de estudos dedicados à filosofia moderna. Nela, evidencia-se, no entanto, como em nenhum outro estudo, a atenção de Deleuze a respeito das interpretações dos comentadores contemporâneos da filosofia moderna, nesse caso, da filosofia leibniziana. Surge, assim, um diálogo com Christiane Frémont, comentadora e tradutora de Leibniz para o francês. Considerando esse breve, porém importante, diálogo sustentado por Deleuze e Frémont sobre as suas respectivas interpretações de Leibniz, tenciona-se nesta pesquisa dar conta dos principais tópicos presentes na referida conversa. De forma preliminar, podemos dizer que esses tópicos envolvem: (1) o problema do corpo e do vinculum substantiale, (2) a questão das singularidades, (3) o princípio de economia e a incompossibilidade, e (4) o conceito deleuziano de vice-dicção. A hipótese que conduz nosso estudo é que as leituras feitas por ambos a respeito do pensador alemão estão mutuamente entrelaçadas. É fundamental, assim, para apoiar essa hipótese, fazer a demarcação precisa das relações entre tais leituras. Para tanto, nosso artigo se concentra fundamentalmente no estudo das obras Singularités, individus et relations dans le système de Leibniz (2003), de Frémont, e Le Pli (1988), de Deleuze. Dessa forma, esperamos determinar os tópicos principais que emergem do diálogo e, ademais, precisar as convergências e divergências de interpretação que se apresentam. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gonzalo MONTENEGRO

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Downloads

Publicado

2016-06-03

Como Citar

MONTENEGRO, G. (2016). DELEUZE EM DIÁLOGO COM FRÉMONT: TENTATIVAS DE LER LEIBNIZ. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 39(02). https://doi.org/10.1590/S0101-31732016000200008

Edição

Seção

Artigos e Comentários