WOLFF E KANT SOBRE OBRIGAÇÃO E LEI NATURAL: A REJEIÇÃO DO VOLUNTARISMO TEOLÓGICO NA MORAL

Autores

  • Bruno CUNHA

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31732015000300007

Palavras-chave:

Obrigação. Lei natural. Ética. Direito.

Resumo

O objetivo deste artigo é discutir sobre os conceitos de obrigação e lei natural, tendo como referência o polêmico debate moderno envolvendo intelectualismo e voluntarismo. Em um primeiro momento, destacaremos a rejeição de Wolff ao voluntarismo de Pufendorf e sua orientação em direção ao intelectualismo de Leibniz. Conforme essa nova orientação, uma teoria da lei natural não deve basear seu conceito de obrigação na autoridade das leis (estabelecidas, em uma instância maior, como um decreto arbitrário de Deus) e em seu poder coercitivo (suscitado, na parte obrigada, como medo da
punição), mas, por outro lado, unicamente na ideia de necessidade moral, interpretada como expressão da ligação natural universal dos seres racionais com o dever. Em um segundo momento, apresentaremos os efeitos dessa discussão no pensamento inicial de Kant, que, se posicionando diante mesmo de Wolff e Baumgarten, vai empreender a superação de seus predecessores, através de uma revisão conceitual do
problema, a qual culminará nos pressupostos de sua doutrina ética madura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno CUNHA

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Downloads

Publicado

2015-09-30

Como Citar

CUNHA, B. (2015). WOLFF E KANT SOBRE OBRIGAÇÃO E LEI NATURAL: A REJEIÇÃO DO VOLUNTARISMO TEOLÓGICO NA MORAL. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 38(03). https://doi.org/10.1590/S0101-31732015000300007

Edição

Seção

Artigos e Comentários