O PARADOXO DA ORIGEM DO PODER POLÍTICO EM ROUSSEAU

Autores

  • Ligia Pavan BAPTISTA

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-317320150004000010

Palavras-chave:

Rousseau. Contrato Social. Vontade Geral. Liberdade. Igualdade.

Resumo

O presente artigo pretende abordar a forma original com a qual Rousseau focaliza a questão da origem do poder político, tema que é central na teoria política moderna. Em sua obra Do Contrato Social, o autor examina as razões, aparentemente paradoxais, pelas quais alguém, nascido livre, se escravizaria voluntariamente, obedecendo a outro e não a si próprio. Distanciando-se da influência de Hobbes e Locke, o autor apresenta a tese do contrato social, fundado no conceito de vontade geral, como o único meio pelo qual o indivíduo se realizaria enquanto ser humano. Ao assumir sua condição de cidadão, unindo-se a todos em vista do bem comum e não obedecendo a ninguém a não ser a si próprio, o mesmo adquire tanto a igualdade quanto a liberdade civil, condições sem as quais deixaria de existir. Somente dessa forma, cada cidadão, exercendo seus direitos e deveres, seria detentor de parcela da soberania, enquanto membro da vontade geral, no direito de legislar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ligia Pavan BAPTISTA

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Downloads

Publicado

2015-09-22

Como Citar

BAPTISTA, L. P. (2015). O PARADOXO DA ORIGEM DO PODER POLÍTICO EM ROUSSEAU. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 38(Special Issue). https://doi.org/10.1590/S0101-317320150004000010

Edição

Seção

Artigos e Comentários