A Teoria Dinâmica do Conhecimento de Duhem: um Termo Médio Entre a Concepção Metafísica Clássica da Ciência e a Concepção do Convencionalismo/Pragmatismo (Poincaré)

Autores

  • J. R. N. CHIAPPIN

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31732014000200004

Palavras-chave:

Metodologia da teoria da ciência. Teoria dinâmica do conhecimento. Duhem. Poincaré. Realismo estrutural e convergente.

Resumo

O objetivo é propor uma reconstrução racional da concepção da ciência de Duhem, por meio do recurso da metodologia da teoria da ciência, como uma teoria normativa da dinâmica do conhecimento. Essa reconstrução ajuda a estabelecer que Duhem não pode ser classificado como um convencionalista/pragmatista, como sugere a interpretação-padrão, e, além disso, que Duhem almeja construir uma concepção que seja um termo médio entre a concepção metafísica clássica e a concepçãodo convencionalismo/pragmatismo. A estratégia metodológica para construir esse termo médio é a proposta de um realismo estrutural e convergente. Duhem substitui o sujeito transcendental dos clássicos por uma teoria transcendental a ser alcançada por um processo dinâmico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-18

Como Citar

CHIAPPIN, J. R. N. (2014). A Teoria Dinâmica do Conhecimento de Duhem: um Termo Médio Entre a Concepção Metafísica Clássica da Ciência e a Concepção do Convencionalismo/Pragmatismo (Poincaré). TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 37(02). https://doi.org/10.1590/S0101-31732014000200004

Edição

Seção

Artigos e Comentários