Novas Direções na Filosofia da Mente

Autores

  • Gabriel Jucá de HOLLANDA

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31732013000300010

Palavras-chave:

Mente, Neurociência, Percepção, Visão, Explicação

Resumo

As críticas a teorias naturalistas/fisicalistas na filosofia da mente têm focado problemas conceituais fundamentados em qualia e experimentos de pensamento. Cabe questionar a validade de tais críticas, se o alvo das mesmas satisfaz as exigências de uma explicação científica e se as objeções envolvem asserções aparentemente ad hoc. Os filósofos da mente Tyler Burge e Alva Noë, sem fazer uso de tais recursos teóricos, propõem novas maneiras de questionar a neurociência atual. Suas perspectivas chamam atenção pelo foco em problemas empíricos e ainda assim revelam lacunas surpreendentes, no que fisicalistas tendem a considerar a ciência mais avançada da mente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-12-09

Como Citar

HOLLANDA, G. J. de. (2013). Novas Direções na Filosofia da Mente. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 36(3), 173–186. https://doi.org/10.1590/S0101-31732013000300010

Edição

Seção

Artigos e Comentários