Amor e conhecimento

Freud e Espinosa

Autores

  • Marcos Ferreira de Paula Universidade Federal de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.1590/0101-3173.2021.v44n4.24.p291

Palavras-chave:

Freud, Amor, Conhecimento, Espinosa, Sublimação

Resumo

Neste artigo, elabora-se uma reflexão sobre a relação entre amor e conhecimento em Freud e Espinosa, tomando-se como núcleo da análise as teses de Freud em seu famoso ensaio sobre Leonardo da Vinci. Busca-se mostrar que a oposição freudiana entre amor e conhecimento, oposição que se deixa captar no conceito de sublimação, não tem lugar no pensamento de Espinosa. Na teoria espinosana dos afetos, tal a oposição se desfaz; e é sobretudo através do conceito de Amor Dei Intellectuallis, apresentado da Parte V de sua Ética, que Espinosa deixa ver que, em vez de oposição, há antes a realização plena do amor enquanto ação da mente que conhece a si no seio da Natureza imanente.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Ferreira de Paula, Universidade Federal de São Paulo

Doutor em Filosofia pela USP, é atualmente Professor Adjunto do Curso de Serviço Social da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

Referências

DA VINCI, L. Trattato della pittura. Milano: TEA, 1995.

ESPINOSA, B. de. Tratado Teológico-político. Trad. Diogo Pires Aurélio. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

ESPINOSA, B. de. Tratado Político. Trad. Diogo Pires Aurélio. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

ESPINOSA, B. de. Ética. Trad. Grupo de Estudos Espinosanos. São Paulo: EDUSP, 2015a.

ESPINOSA, B. de. Tratado da emenda do intelecto. Trad. Cristiano N. de Resende. Campinas: UNICAMP, 2015b.

FREUD, S. Luto e Melancolia. In: FREUD, S. Edição Standard Brasileiras das Obras Completas de Sigmund Freud, v. XIV. Rio de Janeiro: Imago, 1917 [1915]/1974.

FREUD, S. Carta de 28/6/1931 a Lothar Bickel. In: SOUZA, P. C. (org.). Sigmund Freud e o Gabinete do Dr. Lacan. São Paulo: Brasiliense, 1990.

FREUD, S. Obras psicológicas completas (Edição Standard – V. XI). Rio de Janeiro: Imago, 1996.

FREUD, S. Obras Completas, v. 18. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

FREUD, S. Obras Completas, v. 9. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.

FREUD, S. Obras Completas, v. 17. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

FREUD, S. Obras Completas, v. 6. São Paulo: Companhia das Letras, 2016.

GAY, P. Freud: uma biografia para o nosso tempo. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

JUFFÉ, M. Sigmund Freud - Benedictus de Spinoza: correspondance (1676-1938). Paris: Gallimard, 2016.

LANDMAN, P. Freud. São Paulo: Estação Liberdade, 2007.

NASIO, J.-D. Um psicanalista no divã. Rio de Janeiro: Zahar, 2003.

PAULA, M. F. de. Alegria e felicidade: a experiência do processo liberador em Espinosa. São Paulo: EDUSP, 2017.

ROUDINESCO, E. Sigmund Freud na sua época e em nosso tempo. Rio de Janeiro: Zahar, 2016.

SOUZA, P. C. (org.). Sigmund Freud e o Gabinete do Dr. Lacan. São Paulo: Brasiliense, 1990.

Recebido: 07/7/2019 - Aceito: 27/5/2020

Downloads

Publicado

2021-10-22 — Atualizado em 2021-10-22

Como Citar

Paula, M. F. de. (2021). Amor e conhecimento: Freud e Espinosa. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 44(4), 291–320. https://doi.org/10.1590/0101-3173.2021.v44n4.24.p291

Edição

Seção

Artigos e Comentários