PLATÃO, WITTGENSTEIN E A COMPLEXIDADE

Autores

  • Eliane Christina de Souza

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31732011000500003

Palavras-chave:

Ontologia. Discurso. Complexidade

Resumo

No Teeteto, em uma tentativa de denir o conhecimento, Platão trata da unidade e da complexidade segundo um modelo de análise dos complexos em elementos simples não analisáveis. Wittgenstein, no parágrafo 46 das Investigações Filosócas, cita esse argumento do Teeteto, introduzindo uma crítica à sua própria noção de objeto, no Tractatus. Nosso tema será um exame das noções de elemento e composto, apresentadas no Teeteto e retomadas no Sosta, tendo como horizonte a aproximação, feita por Wittgenstein, entre o objeto do Tractatus e o elemento do Teeteto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-11-30

Como Citar

Souza, E. C. de. (2011). PLATÃO, WITTGENSTEIN E A COMPLEXIDADE. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 34(3), 17–30. https://doi.org/10.1590/S0101-31732011000500003

Edição

Seção

Artigos e Comentários

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)