Maio de 68 na perspectiva de Claude Lefort: a reinvenção do agir político no declínio do horizonte revolucionário

Autores

  • Martha Gabrielly Coletto Costa IFF/Campos dos Goytacazes

Palavras-chave:

Maio de 68, Lefort, Burocracia, Capitalismo, Revolução

Resumo

O artigo visa a situar a interpretação de Claude Lefort sobre a onda contestatória que tomou a França, em Maio de 68, e ressaltar os impactos que esse evento histórico provocou em seu pensamento político, sobretudo no que diz respeito à compreensão do estatuto da ação política, no âmbito das sociedades democráticas contemporâneas. Num primeiro momento, busca-se mostrar que sua leitura do acontecimento está ancorada numa reflexão sobre o fenômeno burocrático, o que permite a Lefort discernir a contestação social generalizada, sobrevinda não por acaso na Universidade, enquanto uma recusa da lógica capitalista-burocrática presente nas instituições francesas da época. Em seguida, abordam-se as repercussões de Maio de 68 no âmbito da reflexão teórica de Lefort e a maneira pela qual o filósofo é instigado a repensar as noções de história, sujeito político e revolução a distância de uma matriz de pensamento marxista. Trata-se, enfim, de acompanhar o esforço filosófico do autor, em sua dupla dimensão: a crítica do presente e a elaboração de um novo paradigma de emancipação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Martha Gabrielly Coletto Costa, IFF/Campos dos Goytacazes

Professora do Instituto Federal Fluminense (IFF), Câmpus Campos Centro, Campos dos Goytacazes, RJ – Brasil. ORCID: https://orcid.org/0000-0003-4415-1989.

Referências

ABENSOUR, M. Démocratie sauvage et principe d’anarchie. Revue Européenne des Sciences Sociales, 1993. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/40370044. Acesso em: 08 mar. 2023.

CARDOSO, I. de A. R. “Maio de 68: o advento do individualismo e da heteronomia”. Tempo Social: Revista de Sociologia da USP, 1989. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/ts/article/view/84761/87461. Acesso em: 08 mar. 2023.

CASTORIADIS, C.; LEFORT, C; MORIN, E. Maio de 68: a brecha. Organizado e traduzido por Anderson Lima da Silva e Martha Coletto Costa. São Paulo: Autonomia Literária, 2018.

COSTA, M. A noção de povo no quadro da democracia moderna: Lefort, leitor de Maquiavel. In: ADVERSE, H.; PANCERA, C. G. K. (org.). As faces de Maquiavel: história, república, corrupção. 1. ed. Belo Horizonte: D’Plácido, 2019. p. 241-254.

DEBRAY, R. Maio de 68: uma contrarrevolução conseguida. Lisboa: Dom Quixote, 2018.

DONZELOT, J. L’invention du social: essai sur le déclin des passions politiques. Paris: Éditions du Seuil, 1994.

FERRY, J-L.; RENAUT, A. Pensamento 68: ensaio sobre o anti-humanismo contemporâneo. São Paulo: Ensaio, 1989.

GOTTRAUX, P. Socialisme ou Barbarie: un engagement politique et intellectuel dans la France de l’après-guerre. Lausanne: Payot, 1997.

LEFORT, C. Éléments d’une critique de la bureaucratie. Paris: Gallimard, 1979.

LEFORT, C. Pensando o político: ensaios sobre democracia, revolução e liberdade. Tradução de Eliana M. Souza. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.

LEFORT, C. Le temps présent: écrits 1945-2005. Paris: Belin, 2007.

LEFORT, C. A invenção democrática: os limites da dominação totalitária. Tradução de Isabel Loureiro e Maria Leonor F. R. Loureiro. Belo Horizonte: Autêntica, 2011.

LEFORT, Claude. A Desordem Nova. In: CASTORIADIS, Cornelius; LEFORT, Claude; MORIN, Edgar. Maio de 68. A brecha. Trad. de Martha G. C. Costa e Anderson L. da Silva. São Paulo: Autonomia Literária, 2018a. p. 57-85.

LIPOVETSKY, G. L’ère du vide: essais sur l’individualisme contemporain. Paris: Gallimard, Folio Essais, 1983.

MATOS, O. C. F. Paris 1968: as barricadas do desejo. 1. ed. São Paulo: Brasiliense, 1981.

POIRIER, N. Introduction à Claude Lefort. Paris: La Découverte, 2020.

ROSANVALLON, P. L’âge de l’autogestion: ou la politique au poste de commandement. Paris: Éditions du Seuil, 1976.

SADER, E. O fogo de maio. Folha de S. Paulo, São Paulo, Especial 4, Jornal de Resenhas, 13 jun. 1998.

Recebido: 09/03/2023 - Aceito: 18/05/2023 - Publicado: 22/10/2023

Publicado

2023-10-21

Como Citar

Coletto Costa, M. G. (2023). Maio de 68 na perspectiva de Claude Lefort: a reinvenção do agir político no declínio do horizonte revolucionário. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia Da Unesp, 47(2), e0240017. Recuperado de https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/transformacao/article/view/14338