Criticando e avançando o construtivismo crítico a partir do sul global

Autores

Palavras-chave:

Construtivismo crítico. Andrew Feenberg. Boaventura de Sousa Santos. Yuk Hui. Projetos técnicos decoloniais.

Resumo

Andrew Feenberg é um importante autor da filosofia da tecnologia, cujas ideias são particularmente relevantes para identificar a dimensão política da tecnologia, seja no seu papel de conformar a sociedade, seja em ser conformada por esta. A falha do estágio atual da sua reflexão está em não se voltar, de forma mais rigorosa, para o âmbito interno das disciplinas técnicas, usualmente interrompendo sua análise na fronteira entre o mundo da vida (no qual ocorrem as mobilizações democratizantes e de onde emergem suas pautas ou demandas) e tais disciplinas. Para identificar e superar essa falha, são articulados alguns elementos da reflexão de Boaventura de Sousa Santos e de Yuk Hui. Também são trazidos exemplos de intervenções técnicas decoloniais (ou emancipadoras), os quais ilustram: como aquilo teorizado por Santos e Hui já acontece em práticas técnicas desenvolvidas no Sul global; e os impactos disso nas equipes técnicas que as praticam (e, a partir disso, potencialmente também nas disciplinas a que seus membros estão vinculados).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiano Cordeiro Cruz, ITA

Pesquisador visitante no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), São José dos Campos, SP – Brasil. ORCID: https://orcid.org/0000-0003-2844-3439.

Referências

ALVEAR, C. A.; CRUZ, C.; KLEBA, J. B. (org.). Engenharia e outras práticas técnicas engajadas – v. 1: redes e movimentos. Campina Grande: EDUEPB, 2021.

ARAÚJO, F. et al. (org.). Dialética da autogestão em empresas recuperadas por trabalhadores no Brasil. Marília: Lutas Anticapital, 2019.

ARAÚJO, F.; RUFINO, S. Rede de Engenharia Popular Oswaldo Sevá. In: ALVEAR, C.; CRUZ, C.; KLEBA, J. Engenharias e outras práticas técnicas engajadas – v. 1: redes e movimentos. Campina Grande: EDUEPB, 2021. p. 41-74.

BELLACASA, M. Matters of Care: Speculative Ethics in More Than Human Worlds. Minneapolis: University of Minnesota Press, 2017.

CORTÉS-RICO, L.; PIEDRAHITA-SOLÓRZANO, G. Participatory Design in Practice: The Case of an Embroidered Technology. In: ABASCAL, J. et al. (ed.). 15th IFIP TC 13 International Conference. Bamberg, Germany: September 14-18, 2015.

CRUZ, C. Decolonizing Philosophy of Technology: Learning from Bottom-Up and Top-Down Approaches to Decolonial Technical Design. Philosophy & Technology, v. 34, p. 1847-1881, 2021a. https://doi.org/10.1007/s13347-021-00489-w

CRUZ, C. Brazilian grassroots engineering: a decolonial approach to engineering education. European Journal of Engineering Education, v. 46, n. 5, p. 690-706, 2021b.

CRUZ, C. Valores estéticos, acervos imagéticos e procedimentos estruturados: ampliando e descolonizando a reflexão filosófica sobre a tecnologia. Trans/Form/Ação, Marília, v. 44, p. 207-230, 2021c.

CRUZ, C. Decolonial Approaches to Technical Design: Building Other Possible Worlds and Widening Philosophy of Technology. Techné: Research in Philosophy and Technology, 2022. https://doi.org/10.5840/techne202253156.

CRUZ, C.; KLEBA, J. B.; ALVEAR, C. A. Formação para práticas técnicas engajadas: por quê, para quê e como? In: CRUZ, C.; KLEBA, J.; ALEAR, C. (org.). Engenharia e outras práticas técnicas engajadas – v. 2: iniciativas de formação profissional. Campina Grande: EDUEPB, 2021. p. 15-52.

CRUZ, C.; RUFINO, S. (org.) Engenharia Popular: Histórias, Práticas e Metodologias de Intervenção. Natal: Repos, 2020.

ELLUL, J. La technique ou l’enjeu du siècle. Paris: Économica, 2008.

ESTERMANN, J. Colonialidad, descolonización e interculturalidad: Apuntes desde la Filosofía Intercultural. Polis - Revista Latinoamericana, v. 38, p. 1-18, 2014.

FEENBERG, A. Alternative Modernity: The Technical Turn in Philosophy and Social Theory. Berkley: University of California Press, 1995.

FEENBERG, A. Questioning Technology. New York: Routledge, 1999.

FEENBERG, A. A teoria crítica de Andrew Feenberg: racionalização democrática, poder e tecnologia. Brasília: UnB, 2013.

FEENBERG, A. Tecnologia, modernidade e democracia. Organização e tradução: Eduardo Beira. Portugal: Inovatec, 2018.

FEENBERG, A. Entre a razão e a experiência: ensaios sobre tecnologia e modernidade. Trad. E. Beira, C. Cruz e R. Neder. Vila Nova de Gaia: Inovatec, 2019a.

FEENBERG, A. Tecnossistema: a vida social da razão. Trad. E. Beira e C. Cruz. Vila Nova de Gaia: Inovatec, 2019b.

FEENBERG, A. Aula 1. Escola Paranaense de História e Filosofia da Ciência e da Tecnologia. 23 nov. 2021. 2021a. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=SdYaJh7Y_94. Acesso em: 18 abr. 2022.

FEENBERG, A. Aula 2. Escola Paranaense de História e Filosofia da Ciência e da Tecnologia. 24 nov. 2021. 2021b. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=TDkSbBCqQrw. Acesso em: 18 abr. 2022.

FEENBERG, A. Aula 3. Escola Paranaense de História e Filosofia da Ciência e da Tecnologia. 25 nov. 2021. 2021c. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Zs7znue0gq8. Acesso em: 18 abr. 2022.

FEENBERG, A. Interview with Andrew Feenberg. Escola Paranaense de História e Filosofia da Ciência e da Tecnologia. 26 nov. 2021. 2021d. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=c4fU3JyjBK A. Acesso em: 18 abr. 2022.

FEENBERG, A. Entrevista com Andrew Feenberg. In: Engenharias e outras práticas técnicas engajadas – v. 3: diálogos interdisciplinares e decoloniais. Campina Grande: EDUEPB, 2022a. p. 479-502.

FEENBERG, A. Construtivismo crítico: uma filosofia da tecnologia. Trad. Luiz Abrahão e Cristiano Cruz. São Paulo: Associação Filosófica Scientiae Studia, 2022b.

FRAGA, L.; ALVEAR, C.; CRUZ, C. Na trilha da contra-hegemonia da engenharia no Brasil: da Engenharia e Desenvolvimento Social à Engenharia Popular. Revista Iberoamericana de Ciencia, Tecnología y Sociedad, v. 43, n. 15, p. 209-32, 2020.

GUIZZO, I. Reativar territórios: o corpo e o afeto na questão do projeto participativo. Belo Horizonte: Quintal, 2019.

GUIZZO, I. Um planeta danificado e uma Terceira Margem do (re)construir. In: ALVEAR, C.; CRUZ, C.; KLEBA, J. Engenharias e outras práticas técnicas engajadas – v. 1: redes e movimentos. Campina Grande: EDUEPB, 2021. p. 355-394.

HUI, Y. The Question Concerning Technology in China: An Essay in Cosmotechnics. UK: Urbanomic Media, 2016.

HUI, Y. On Cosmotechnics: For a Renewed Relation between Technology and Nature in the Anthropocene. Techné: Research in Philosophy and Technology, v. 21, n. 2-3, p. 319-341, 2017. DOI: 10.5840/techne201711876.

HUI, Y. Tecnodiversidade. Trad. Humberto do Amaral. São Paulo: Ubu, 2020.

KLEBA, J. Engenharia engajada – desafios de ensino e extensão. Revista Tecnologia e Sociedade. Curitiba, v. 13, n. 27, p. 172-189, 2017.

KLEBA, J.; CRUZ, C. Do empoderamento à emancipação: um marco teórico-metodológico para intervenções sociotécnicas empoderadoras. In: Engenharias e outras práticas técnicas engajadas – v. 3: diálogos interdisciplinares e decoloniais. Campina Grande: EDUEPB, 2022. p. 177-218.

MALDONADO-TORRES, N. El pensamiento filosófico del “giro descolonizador”. In: DUSSEL, H.; MENDIETA, E.; BHOHÓRQUEZ, C. (ed.). El pensamiento filosófico latinoamericano, de Caribe y "latino" (1300-2000): historia, corrientes, temas y filósofos. México: Siglo XXI: Centro de Cooperación Regional para la Educación de Adultos en América Latina y el Caribe, 2009. p. 682-697.

PÉREZ-BUSTOS, T. Thinking with Care. Unraveling and mending in an ethnography of craft embroidery and technology. Revue d’anthropologie des connaissances, v. 11, n. 1, p. a-u, 2017.

PÉREZ-BUSTOS, T.; MÁRQUEZ, S. Destejiendo puntos de vista feministas: reflexiones metodológicas desde la etnografía del diseño de una tecnología. Revista Iberoamericana CTS, v. 31, n. 11, p. 147-169, 2016.

QUIJANO, A. Colonialidad del Poder, Cultura y Conocimiento en América Latina. Dispositio, v. 24, n. 51, p. 137-148, 1999.

RIVERA, R.; CORTÉS-RICO, L.; PÉREZ-BUSTOS, T.; FRANCO-AVELLANEDA, M. Embroidering engineering: a case of embodied learning and design of a tangible user interface. Engineering Studies, v. 8, n. 1, p. 48-65, 2016.

ROBERTSON, T.; SIMONSEN, J. Participatory Design - An introduction. In: SIMONSEN, J.; ROBERTSON, T. (ed.). Routledge International Handbook on Participatory Design. London & New York: Routledge, 2013. p. 1-17.

SANTOS, B. Epistemologies of the South: justice against epistemicide. London; New York: Routledge, 2016.

VARELLA, C. et al. Alternativas de produção e economias alternativas. In: CRUZ, C.; RUFINO, S. (org.). Engenharia popular: histórias, práticas e metodologias de intervenção. Natal (RN): Repos, 2020. p. 81-106.

Recebido: 16/05/2022

Aceito: 26/09/2022

Publicado

2023-03-23

Como Citar

Cruz, C. C. (2023). Criticando e avançando o construtivismo crítico a partir do sul global. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia Da Unesp, 46(2), 61–84. Recuperado de https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/transformacao/article/view/13277

Edição

Seção

Artigos e Comentários