Comentário a “Propedêutica do conceito de democracia”

Immunitas: a pele, a nova fronteira

Autores

  • Fernando Gigante Ferraz Universidade Federal da Bahia (UFBA)

DOI:

https://doi.org/10.1590/0101-3173.2021.v44n3.19.p245

Palavras-chave:

Propedêutica, Democracia, Immunitas

Resumo

Referência do artigo comentado: MIRANDA, L. U. Propedêutica do conceito de democracia. Trans/Form/Ação: revista de filosofia da Unesp, v. 44, n. 3, p. 215-244, 2021.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Gigante Ferraz, Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Professor no Instituto de Humanidade, Artes e Ciências e Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia (UFBA), Salvador, BA – Brasil.

Referências

ESPOSITO, Roberto. Communitas. Origine e destino della comunità. Torino: Einaudi, 1998 [2006, nova edição ampliada].

ESPOSITO, Roberto. Immunitas: Protezione e negazione dela vita. Torino: Einaudi, 2002.

ESPOSITO, Roberto. L’immunità come soglia. Dialogo con Timothy Campbell. In: MATÍAS, Saidel; ARIAS, Gonzalo (org.). Roberto Esposito dall’impolitico all’impersonale: conversazioni filosofiche. Milano: Mimesis, 2012.

ESPOSITO, Roberto. Termos da política. Comunidade, imunidade, biopolitica. Curitiba: Editora da UFPR, 2017.

FOUCAULT, Michel. História da sexualidade I: A vontade de Saber. Rio de Janeiro: Graal, 1985.

MIRANDA, L. U. Propedêutica do conceito de democracia. Trans/Form/Ação: revista de filosofia da Unesp, v. 44, n. 3, p. 215 –244, 2021.

Recebido: 23/11/2020

Aceito: 30/11/2020

Downloads

Publicado

2021-08-20 — Atualizado em 2021-08-27

Como Citar

Ferraz, F. G. (2021). Comentário a “Propedêutica do conceito de democracia”: Immunitas: a pele, a nova fronteira. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 44(3), 245–250. https://doi.org/10.1590/0101-3173.2021.v44n3.19.p245

Edição

Seção

Artigos e Comentários