Sobre as hipóteses que servem de fundamento à geometria

Autores

  • Carlos Antonio Medeiros Saldanha

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31731988000100011

Palavras-chave:

Georg Friedrich Riemann, Tradução

Resumo

Na extensa bibliografia sobre a evolução do pensamento científico, geralmente um capítulo especial é dedicado à exploração da seqüência de eventos que, a partir do século XVIII, culminaram com a apresentação da Teoria da Relatividade Especial e Geral, respectivamente, em 1905 e 1916, por Albert Einstein. A Teoria da Relatividade Geral teve uma enorme repercussão na Ciência não só devido à sua maior beleza e elegância ao descrever os fenômenos gravitacionais, mas também porque deu um impulso novo e vigoroso à Cosmologia. O modelo cosmológico newtoniano durante quase duzentos anos permanecera intocável. As concepções fundamentais de tempo e espaço absolutos eram consideradas inquestionáveis. E a lei da Gravitação de Isaac Newton respondia e maravilhava o espírito da época, ao explicar com tanta simplicidade a "Mecânica Celeste".

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1988-12-01

Como Citar

Saldanha, C. A. M. (1988). Sobre as hipóteses que servem de fundamento à geometria. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 11, 89–99. https://doi.org/10.1590/S0101-31731988000100011

Edição

Seção

Tradução