Diabo e cultura popular

Autores

  • Sílvia Maria Azevedo Faculdade de Filosofia e Ciências - FFC - Campus de Marília

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31731985000100006

Palavras-chave:

Idade Média, literatura, teatro, antropologia, filosofia, carnaval, cultura popular, festas populares, diabo

Resumo

O presente trabalho focaliza a figura do diabo participando de duas expressões da chamada cultura popular medieval. Por meio de espetáculos como o Carnaval, a Festa dos Loucos, a Festa do Asno, procurei aprender, através da figura demoníaca, o intercâmbio entre duas formas de cultura - uma, séria, religiosa, feudal - relacionada com o mundo das instituições medievais - outra, cômica, irreverente, profana - ligada ao mundo medieval não institucionalizado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1985-01-01

Como Citar

Azevedo, S. M. (1985). Diabo e cultura popular. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 8, 61–70. https://doi.org/10.1590/S0101-31731985000100006

Edição

Seção

Artigos e Comentários