O Sonho de Ka

Autores

  • Aurora F. Bernardini

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31731975000100008

Palavras-chave:

Tradução, Khlébnikov

Resumo

Na língua estão escondidas muitas verdades, diz V.V. Khlébnikov, um dos grandes poetas-filósofos de nosso século. Sua riquíssima obra é toda ela a busca dessas verdades. Os procedimentos são os mais variados - desde a procura das motivações dos signos através de etimologias, analogias, associações, coincidências, até uma verdadeira geometria das letras e dos sons do alfabeto, com o que, por meio do cálculo de certas periodicidades (fora estudante de matemática), chega a descobertas e profecias surpreendentes. Em português, a não ser alguns de seus poemas admiravelmente traduzidos por Augusto e Haroldo de Campos e Bóris Schnaiderman em Poesia Russa Moderna (Editora Civilização Brasileira S.A., Rio, 1968), pouco se conhece dele. Gostaríamos de tornar conhecida também uma amostra de sua prosa, pela tradução de um dos capítulos de seu extraordinário conto "Ka", do qual comentamos a descrição de um sonho, tentando mostrar como os processos da linguagem coincidem com aqueles de nossa realidade mais profunda.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1975-01-01

Como Citar

Bernardini, A. F. . (1975). O Sonho de Ka. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 2, 171–180. https://doi.org/10.1590/S0101-31731975000100008

Edição

Seção

Tradução