A ideologia pre/clara. A produção isebiana

Autores

  • Caio Navarro de Toledo Universidade Estadual de Campinas UNICAMP/ SP

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-31731975000100005

Palavras-chave:

Instituto Superior de Estudos Brasileiros, Ideologia do desenvolvimento

Resumo

Personagens secundários da vida política brasileira figuraram como atores centrais na criação e na extinção do Instituto Superior de Estudos Brasileiros (ISEB). Café Filho e Ranieri Mazilli foram presidentes por "força das circunstâncias"; estas, decisivas - bem se sabe - nas direções que tomou o processo político nacional nestes últimos vinte anos. Talvez uma observação poderia ser feita: esses obscuros políticos, através dos decretos que assinavam, assumiam fundamentalmente os papéis de agentes de decisões que eram impostas por (novos) grupos sociais dominantes. Na criação do ISEB, em decorrência da necessidade do Estado de providenciar agências que racionalizassem o surto do desenvolvimento nacional; na extinção do Instituto, em virtude da consolidação de forças político-militares que julgavam a existência do ISEB como um desserviço à Nação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1975-01-01

Como Citar

Toledo, C. N. de. (1975). A ideologia pre/clara. A produção isebiana. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 2, 125–137. https://doi.org/10.1590/S0101-31731975000100005

Edição

Seção

Artigos e Comentários