Comentário ao artigo “A dimensão literária do diagnóstico do presente em Foucault” de Daniel Verginelli Galantin

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/0101-3173.2020.v43n3.06.p101

Palavras-chave:

Dimensão Literária, Foucault

Resumo

Referência do texto comentado: Galantin, D. V. A dimensão literária do diagnóstico do presente em Foucault. Trans/Form/Ação: revista de filosofia da Unesp, vol. 43, n. 3, p. 71-100, 2020.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Helton Adverse, Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

Professor do Departamento de Filosofia da UFMG

Referências

FOUCAULT, Michel. L’archélogie du savoir. Paris: Gallimard, 1969.

FOUCAULT, Michel. Folie et Civilisation. In: FOUCAULT, Michel. Folie, langage, littérature. Paris: Vrin, 2019.

GALANTIN, D. V. A dimensão literária do diagnóstico do presente em Foucault. Trans/Form/Ação: revista de filosofia da Unesp, vol. 43, n. 3, p. 71-100, 2020.

MACHADO, Roberto. Foucault, a filosofia e a literatura. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2000.

RAJCHMAN, John. Foucault: a liberdade da filosofia. Trad. de Álvaro Cabral. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1987.

Downloads

Publicado

2020-09-10 — Atualizado em 2022-07-14

Como Citar

Adverse, H. (2022). Comentário ao artigo “A dimensão literária do diagnóstico do presente em Foucault” de Daniel Verginelli Galantin. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 43(3), 101–106. https://doi.org/10.1590/0101-3173.2020.v43n3.06.p101

Edição

Seção

Artigos e Comentários