Em Busca do(s) deus(es) ausente(s)

O modo de vida populista em Laclau e em Chauí

Autores

  • Benito Eduardo Araujo Maeso Instituto Federal do Paraná - IFPR

DOI:

https://doi.org/10.1590/0101-3173.2021.v44n4.04.p49

Palavras-chave:

Populismo, América Latina, Brasil, Laclau, Chaui

Resumo

Entender a política latino-americana passa por precisar suas peculiaridades em relação às formas políticas erroneamente tidas como mais desenvolvidas em países hegemônicos. Um conceito-chave neste processo é o de populismo. Para Ernesto Laclau, uma técnica política na qual demandas sociais diversas se cristalizam provisoriamente em uma delas ou na figura de um líder, não dependendo de alinhamentos ideológicos. Já Marilena Chauí observa afinidades concretas entre práticas populistas e questões culturais numa sociedade, tendo foco no chamado “mito fundador” brasileiro e sua presença no imaginário coletivo. Este artigo propõe articulações entre as análises da política latino-americana pelos autores para, a partir disto, ensejar respostas a questões como: por que o populismo parece se ajustar tão bem à realidade do Sul do mundo? Seria ele mais do que sistema de práticas de governo, mas modo de vida expresso nas instituições políticas, econômicas, sociais e culturais das comunidades latino-americanas? Até que ponto a busca de alternativas político-intelectuais ao falso Messias - o governante populista - não recai na lógica messiânica que julga combater?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Benito Eduardo Araujo Maeso, Instituto Federal do Paraná - IFPR

Pesquisador pós-doc no Departamento de Filosofia da FFLCH da Universidade de São Paulo, São Paulo, SP – Brasil. Professor de Filosofia do Instituto Federal do Paraná (IFPR), Curitiba, PR – Brasil.

Referências

CHAUI, Marilena de Souza. Raízes teológicas do populismo no Brasil: teocracia dos dominantes, messianismo dos dominados. In: DAGNINO, E. (org.). Anos 90: Política e Sociedade No Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1994.

CHAUI, Marilena de Souza. Espinosa: uma filosofia da Liberdade. São Paulo: Moderna, 2003.

CHAUI, Marilena de Souza. Sobre o Populismo no Brasil. Conferência. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL CLAUDE LEFORT: a invenção democrática hoje, 16 out. 2015. São Paulo. Anais […], São Paulo: FFLCH/USP, 2015.

GOMEZ, Alvaro. Una discreta diferenciación entre la política y lo politico y su incidência sobre la educación en cuanto a la socialización política. Reflexión Política, v. 5, n. 9, 2003. Disponível em: https://revistas.unab.edu.co/index.php/reflexion/article/view/749. Acesso em: 10 jun. 2021.

LACLAU, Ernesto. Populismo: ¿qué nos dice el nombre? In: PANIZZA, Francisco (org.). El Populismo como espejo de la democracia. Buenos Aires: FCE, 2009. p. 51-70.

LACLAU, Ernesto. Emancipação e diferença. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2011.

LACLAU, Ernesto. A Razão Populista. São Paulo: Três Estrelas, 2013.

PEREIRA, Gilberto Braga; SANCHIS, Isabelle Paiva; MOREIRA, Lecy Rodrigues. Sujeito, Sociedade e Discurso. Arq. bras. psicol., Rio de Janeiro , v. 62, n. 2, p. 2-13, 2010. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-52672010000200002&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 04 mar. 2021.

PINTO, Céli. Ernesto Laclau: da Democracia Radical ao Populismo. Revista e-Legis, Brasília, n. 24, p. 22-38, set./dez. 2017.

RETAMOZO, Martín, La teoria del populismo de Ernesto Laclau: una introducción. Estudios Politicos, novena época, n. 41, p. 157-184, maio/ago. 2017.

SANTOS, Samuel, A revisão do conceito de populismo por Ernesto Laclau: estratégias para a criação de um povo. Teoria & Pesquisa - Revista de Ciência Política, v. 24, n. 2, p. 144-148, jul./dez. 2015.

SIVIERO, José Marcelo. Populismo segundo Marilena Chaui: mito fundador e degradação da temporalidade. Comunicação. In: CICLO DE ESTUDOS SOBRE POPULISMO. GRUPO DE ESTUDOS ESPINOSANOS. 15 out. 2019, São Paulo. Anais [...], São Paulo: FFLCH/USP, 15 out. 2019.

Recebido: 19/7/2020 - Aceito: 03/5/2021

Downloads

Publicado

2021-10-22 — Atualizado em 2021-10-22

Como Citar

Eduardo Araujo Maeso, B. (2021). Em Busca do(s) deus(es) ausente(s): O modo de vida populista em Laclau e em Chauí. TRANS/FORM/AÇÃO: Revista De Filosofia, 44(4), 49–72. https://doi.org/10.1590/0101-3173.2021.v44n4.04.p49

Edição

Seção

Artigos e Comentários