A institucionalização profissional da arquivística

uma análise discursiva panorâmica do Brasil e Canadá

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36311/1981-1640.2017.v11n4.10.p67

Palavras-chave:

Discurso, Arquivística, Associações Profissionais

Resumo

Busca-se com este artigo descrever elementos históricos do percurso de associações arquivísticas, um fim de demarcar, como desenvolveu-se o corpo profissional - área em relação a sua institucionalização de seu movimento associativo. Aborda-se da Arquivística por meio da análise, histórico-discursiva. Analisa-se estatutos de duas associações profissionais da área, a Associação de Arquivistas Brasileiros e a Associação de Arquivistas Canadense. Enquanto aporte metodológico fundamenta-se na análise da linguagem francesa, desenvolvida por Michel Pêcheux e o conceito de formação discursiva, apropriado pela área de análise do discurso da obra de Michel Foucault, buscando construir uma análise discursiva das instituições analisadas. Assim, compreende-se as associações, como uma instância significativa e passível de análise buscam-se demarcar a atuação das associações profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thiago Henrique Bragato Barros, Faculdade de Arquivologia e no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação- Universidade Federal do Pará

Professor Adjunto na Faculdade de Arquivologia e no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação- Universidade Federal do Pará

Referências

.

Downloads

Publicado

2017-12-19

Como Citar

Barros, T. H. B. “A institucionalização Profissional Da arquivística: Uma análise Discursiva panorâmica Do Brasil E Canadá”. Brazilian Journal of Information Science, vol. 11, nº 4, dezembro de 2017, doi:10.36311/1981-1640.2017.v11n4.10.p67.

Edição

Seção

Artigos
Bookmark and Share