Um olhar do zelador

a subjetivação, a normatização e a situação de fracasso escolar

Autores

  • Yuri Diego de Medeiros Universidade Federal de São Carlos - UFSCar
  • Roberto Marcos Gomes de Onófrio Universidade Federal de São Carlos - UFSCar

DOI:

https://doi.org/10.36311/2236-5192.2021.v22n2.p151

Palavras-chave:

Zelador Escolar, Normatização, Subjetivação

Resumo

Nos últimos anos intensificaram-se as pesquisas no campo da educação, em especial no que diz respeito a situação de fracasso escolar. Partindo deste cenário a pesquisa buscou compreender e estabelecer relações dentro da perspectiva do zelador, entre instituição escolar, a situação de fracasso, os micropoderes e a relação com o saber; procurando apontar quais ações do zelador podem contribuir para a formação da subjetividade. O estudo pautará as hipóteses em dois autores base: Michel Foucault (1999) e Bernard Charlot (2000). Os resultados apontam para a figura do zelador e para o fenômeno da normalização na constituição das subjetividades dos sujeitos que frequentam a escola, além de evidenciar também algumas práticas deste profissional que podem auxiliar na superação das situações de fracasso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Yuri Diego de Medeiros, Universidade Federal de São Carlos - UFSCar

Tecnólogo em Gestão Ambiental pela Faculdade Max Planck; pós-graduando lato sensu UFSCar. Atualmente é zelador da educação básica da Prefeitura Municipal de Hortolândia.

Roberto Marcos Gomes de Onófrio, Universidade Federal de São Carlos - UFSCar

Doutorado pela UNICAMP; Pós-Doutorado em Educação (UFSCar); professor de Música e da Educação
Básica da Prefeitura Municipal de Hortolândia.

Referências

BOCCATO, V. R. C. Metodologia da pesquisa bibliográfica na área odontológica e o artigo científico como forma de comunicação. Rev.Odontol.Univ. Cidade São Paulo, São Paulo, v. 18, n. 3, p. 265-274, 2006.

BRASIL. Constituição Federal de 1988 Art. 205. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/constituicao.pdf>. Acesso em: 13 de dez de 2020.

BRASIL. Planos subnacionais de Educação. Disponível em: <http://pne.mec.gov.br/18-planos-subnacionais-de-educacao/543-plano-nacional-de-educacao-lei-n-13-005-2014>. Acesso em: 15 de set de 2020.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Edcucação Brasileira Art2 . Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 22 de nov de 2020

CANGUILHEM, G. O normal e o patológico. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2002.

CHARLOT, Bernanrd. Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

GALLO, Silvio. Repensar a educação. Porto Alegre, RS: Revista Educação e Realidade, 2004. p. 79-97. Disponível em: <https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/view/25420/14746>. Acesso em: 20 de nov de 2020

Foucault, M.. Vigiar e punir: a história da violência nas prisões. Petrópolis, RJ: Vozes, 1999

FOUCAULT, Michel. Ética, sexualidade, política; ditos e escritos. Rio de Janeiro: Forense, 2010. v. V

PORTOCARRERO, Vera. Instituição Escolar e Normalização em Foucault e Canguilhem. Educação & Realidade. v. 29, n. 1, 2004. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/view/25424. Acesso em: 27 de out de 2020.

PRATA, Maria Regina, (2001). Foucault e os modos de subjetivação. Cadernos do Espaço Brasileiro de Estudos Psicanalíticos, v. 1, nº 1, p. 37-40. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/rbedu/n28/a09n28.pdf>. Acesso em: 15 de dez de 2020.

RANCIÈRE, Jacques. A lição do ignorante. In: ____. O mestre ignorante: cinco lições sobre emancipação intelectual. Tradução de Lilian do Valle. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.

SHIROMA, E. O.; MORAES, M. C. M.; EVANGELISTA, O. Política educacional. 2. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2002

VEIGA-NETO. Alfredo José da. O objeto-de-si-mesmo. In: A ordem das disciplinas. Tese (doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS. p. 276-285. 1996. Disponível em: <https://lume.ufrgs.br/handle/10183/131158>. Acesso em: 29 de set de 2020.

UFSCAR EAD. I encontro do curso de Pós-graduação. Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=hs2MB6DwF5M>. Acesso em: 27 de out de 20

Downloads

Publicado

2021-08-13

Edição

Seção

Artigos