Dados bibliográficos para o linked data

uma revisão sistemática de literatura

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36311/1981-1640.2019.v13n1.08.p45

Palavras-chave:

Catalogação Descritiva, Catálogo bibliográfico, Dados de autoridade, Dados Interligados, Representação de recursos

Resumo

 O Linked Data é um conjunto de melhores práticas criado para lidar com os problemas de recuperação de dados e de informações no ambiente Web e pode ser aplicado ao domínio bibliográfico, como forma de garantir que as bibliotecas compartilhem seus dados efetivamente. Objetiva-se analisar como a relação entre dados bibliográficos e o Linked Data tem sido abordada pelos profissionais da Ciência da Informação, a partir da realização da Revisão Sistemática da Literatura (RS). A RS foi o método que permitiu analisar o corpus documental e o estado da arte acerca dos dados bibliográficos e o contexto Linked Data. Como resultado analisou-se 56 artigos nos quais se observou que as principais preocupações ao discutir a temática são: apresentar projetos de adequação de dados bibliográficos ao Linked Data; discutir o processo de conversão de dados bibliográficos ao Linked Data; e realizar discussões conceituais sobre a adequação. Conclui-se que, embora os artigos apontem muitos desafios é uma unanimidade entre os documentos analisados que a adequação seria vantajosa para as bibliotecas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabiano Ferreira de Castro, Universidade Federal de São Carlos

Professor Adjunto do Departamento de Ciência da Informação e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da UFSCar

Referências

Agenjo, Xavier; Hernandez, Francisca; Viedma, Andres (2012). Data aggregation and dissemination of authority records through linked open data in a european context. // Cataloging & Classification Quarterly 50: 8 (November 2012) 803-829.
Alemu, Getaneh. et al (2012). Linked data for libraries. // New Library World 113:11/12 (November2012) 549-570.
Arakaki, Felipe Augusto (2016). Linked data: ligação de dados bibliográficos. Marília: UNESP, 2016.Arakaki,Felipe Augusto; Simionato, Ana Carolina; Santos, Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa (2017). Integrando catálogos entre bibliotecas, arquivos, museus e galerias de arte: perspectiva da Europeana e da DPLA. // Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação 12 (2017) 2251-2268.
Assumpção, Fabrício Silva (2018). Modelo para a publicação de dados de autoridade como linked data. Marília: 2018. Tese de doutorado.
Bidney, Marcy; Clair, Kevin (2013). Harnessing the geospatial semantic web: toward place-based information organization and access.// Cataloging & Classification Quarterly 52:1 (Decem-ber 2013) 69-76.
Berners-Lee, T. (2006). Linked Data -Design Issues, 2006. https://www.w3.org/DesignIssues/LinkedData.html. (2017-03-16).
Briner, R. B., & Denyer, D. (2012). Systematic review and evidence synthesis as a practice and scholarship tool. // D. Rousseau (Ed.), The Oxford Handbook of Evidence-Based Management: Companies, Classrooms, and Research. New York, U. S. A.: Oxford University Press.328-374
Byrne, Gillian; Goddard, Lisa (2010). The strongest link: libraries and linked data // D-lib Magazine 16:11/12 (November 2010).
Carpenter, Todd (2013). Drafting a road map for the bibliographic future. Library and Information Science Magazines. // Computers in Libraries 33:3 (April 2013).
Carragáin, Eoghanet al. Linked data authority records for irish place names (2015). //International Journal on Digital Libraries, 15:2-4 (Octuber 2015) 74-85.
Catarino, Maria Elisabete; Souza, Terezinha Batista de (2012). A representação descritiva no contexto da web semântica. // Trans Informação 2: 24 (August 2012). 77-90.
Cliff,Landis (2014). A web of meaning: linked open data resources on the web. // C&RL News (Octuber 2014) 492-505.
Crowe, Katherine;Clair, Kevin (2015). Developing a tool for publishing linked local authority data. // Journal of Library Metadata 15:3/4 (January 2015) 227-240.
Coyle, Karen (2011). Designing data for use: from alphabetic order to linked data. // Serials 24: 2 (July 2011) 154-159.
Dunsire, Gordon et al (2012). Linked data vocabulary management: infrastructure support, data integration, and interoperability. // Information Standards Quarterly 24:2-3 (June 2012) 4-13.
Dunsire, Gordon; Hillmann, Diane; Phipps, Jon (2012). Reconsider-inguniversal bibliographic control in light of the semantic web. // Journal of Library Metadata 16:1 (September 2012) 164-176.
Dunsire, Gordon; Willer, Mirna (2011). Standard library metadata models and structures for the semantic web. // Library Hi Tech News 28:3 (2011) 1-12.
Dunsire, Gordon; Willer, Mirna (2011). UNIMARC and linked data. San Juan: Advancing UNIMARC: alignment and innova-tion,IFLA, 2011.Fallgren,Nancy. et al. (2014). The missing link: the evolving cur-rent state of linked data for serials. // The Serials Librarian 66: 1/4 (May 2014)123-138.
Fons, Ted; Penka, Jeff; Wallis, Richard. OCLC's linked data initia-tive: using schema.org to make library data relevant on the web. // Information Standards Quarterly 24:2-3 (2012) 29-33.
Fox, Robert (2016). From strings to things. // Digital Library Perspectives 32:1(February 2016) 2-6.
Frederick, Donna (2016). Metadata specialists in transition: from MARC cataloging to linked data and BIBFRAME (data deluge column). // Library Hi Tech News 33:4 (August 2016) 1-5.
Freitas Junior,Nilton; Jacynto, Mark Douglas de Azevedo (2016). Um protótipo linked data para catalogação semântica de publicações. // Perspect. ciênc. inf 21:4 (October 2016) 48-65.
Fukuyama, Julie; Hashizume, Akiko; Nagai, Yoshikazu (2015). Use and connect: linked open data of the National Diet Library, Japan. São Paulo: International conference on dublin core and metadataapplications, 2015.

Downloads

Publicado

2019-03-29

Como Citar

Jesus, A. F. de, e F. F. de Castro. “Dados bibliográficos Para O Linked Data: Uma revisão sistemática De Literatura”. Brazilian Journal of Information Science, vol. 13, nº 1, março de 2019, p. 45-55, doi:10.36311/1981-1640.2019.v13n1.08.p45.

Edição

Seção

Artigos
Bookmark and Share