POR UMA ESTÉTICA DA DIFERENÇA: UM DIÁLOGO ENTRE DELEUZE E ARTAUD

  • Chiu Yi Chih Mestre em Filosofia Grega Clássica pela Universidade de São Paulo (USP)
Palavras-chave: Linguagem, Sentido, Arte, Deleuze

Resumo

Nosso trabalho traça um diálogo entre a poética surrealista de Antonin Artaud e a filosofia de Gilles Deleuze. Duas referências foram fundamentais: o conceito deleuziano de sentido e a concepção artaudiana de um corpo sem órgãos. Tomando os escritos de Artaud e as obras de Deleuze como Lógica do sentido e Diferença e Repetição, procuramos elucidar tanto esteticamente como filosoficamente aquilo que pode contribuir para a constituição de uma estética da diferença.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARTAUD, Antonin. Messages révolutionnaires. Paris: Gallimard, 1971.

______. Escritos de Antonin Artaud. Porto Alegre: L&PM, 1983.

______. Oeuvres completes. Paris: Gallimard, 1984. T. 1.

______. Heliogabalo ou o Anarquista Coroado. Lisboa: Assírio e Alvim, 1982.

______. O Teatro e seu Duplo. São Paulo. Max Limonad, 1987.

DELEUZE, Gilles. Diferença e repetição. 2. ed. São Paulo: Graal, 2006.

______. Lógica do sentido. São Paulo: Perspectiva, 2003.

______.;GUATTARI, Félix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. São Paulo: Editora 34, 2007. V. 1

______. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. São Paulo: Editora 34, 2007. V. 3.

______. O Anti-Édipo. São Paulo: Editora 34, 2010.

GROSSMAN, Évelyne. Artaud, l’aliéné authentique. Paris: Éditions Farrago, 2003.
Publicado
2011-07-30
Seção
Artigos