EFEITOS DA PRÁTICA DO JUDÔ NA COORDENAÇÃO MOTORA DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES AUTISTAS

Autores

Palavras-chave:

Atividade Motora Adaptada, Coordenação Motora, Judô, Transtorno do Espectro Autismo

Resumo

O objetivo do presente estudo foi investigar os efeitos da prática do judô na coordenação motora de crianças e adolescentes autistas. A amostra foi composta por 10 crianças e adolescentes de seis a 14 anos de idade, autistas, do sexo masculino, sendo: cinco praticantes de judô e de aulas de educação física escolar (GJ) e cinco praticantes de aulas de educação física escolar (GC). Todos os participantes eram alunos de instituições públicas (uma escola e uma clínica) do município de Belo Horizonte. Para a participação na pesquisa, foi necessária a autorização prévia dos responsáveis. A avaliação das capacidades coordenativas se deu a partir da aplicação do Körperkoordinationstest Für Kinder (KTK). Foi analisado o desempenho apresentado nos subtestes e o quociente motor global (QM). Para comparação entre os grupos foi utilizado o teste t de Student para amostras independentes. Os resultados mostraram superioridade do GJ em relação ao GC nos subtestes de equilíbrio dinâmico e salto monopedal. Em relação ao QM foi encontrado que o GJ apresentou classificação de perturbação na coordenação. Já o GC foi classificado com insuficiência na coordenação. Em conjunto, nossos resultados mostram que apesar de nenhum grupo apresentar níveis satisfatórios de coordenação, o GJ apresentou desempenho superior ao GC, o que aponta para os efeitos benéficos da prática do judô na coordenação de crianças e adolescentes autistas.

Recebido em: 14/08/2020

Reformulado em: 14/01/2021

Aceito em: 14/01/2021

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMERICAM PSYCHIATRIC ASSOCIATION - APA. “Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais: DSM-5. 5ª ed. Porto Alegre: Artmed 2014.

ARAUJO, P.R.M., NETO, J.M.“Benefício do Judô na Educação Física e sua Regulamentação”Revista Uni-RN, Natal, v.16, v.17, suplemento, p. 43-49, jan/dez. (2017).

AUTISM 2014, THE AUTHOR (S) 2014 Reprints and permissions: sagepub.co.uk/journalsPermissions.v.18 (5) 482–484.

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE JUDÔ (Brasil). UNESCO declara Judô como esporte mais adequado para crianças. Disponível em: https://www.cbj.com.br/noticias/2924/unesco-declara-judo-como-esporte-mais-adequado-para-criancas.html. Acesso em 21 de maio de 2019.

FOURNIER, K.A., HASS, C.J., NAIK, S.K., LODHA, N., CAURAUGH, J.H. Motor coordination in autism spectrum disorders: a synthesis and meta-analysis. Journal of Austim and Developmental Disorders. 2010 Oct; 40(10):1227-40. Doi/;10.1007/s10803-010-0981-3

GIL A. C. Como Elaborar projetos de pesquisa. - 4. ed- São Paulo: Atlas,2002, p.54.

GORLA, J.I., RODRIGUES, J.L., BRUNIEIRA, C.A.V., GUARIDO, E.A. (2000). Teste de avaliação para pessoas com deficiência mental: identificando o KTK. Arquivos de Ciência da Saúde da Unipar, 4(2), 121-128.

GORLA, J.I.,ARAÚJO, P.F., & CARMINATO, R.A. (2004). Desempenho psicomotor em portadores de deficiência mental: avaliação e intervenção. Revista Brasileira de Ciência do Esporte- 25, n.3, p. 133-147.

GORLA, J.I.,ARAÚJO, P.F., & RODRIGUES, J.L. (2009) “Avaliação Motora em Educação Física Adaptada – Teste de KTK” 2 ed. São Paulo: Phorte Editora.

GORLA, J.I., ARAÚJO, P.F., COSTA, L. T & SILVA, N.A.C. (2010) Performance of balance beam task of KTK by people with intellectualdisability.Revista Brasileira Movimento e Percepção.

GORLA, et.al. (2014) “Avaliação Motora em Educação Física Adaptada – Teste de KTK” 3 ed. São Paulo: Phorte Editora.

MANDELL,David;LECAVALIER,Luc.(2014) “Should we the centers for Disease Control and Prevention s autism spectrum disorder prevalence estimates?” sagepub.co.uk/journalsPermissions. Vol. 18(5) 482–484.

ORRÚ, S. E. Autismo, Linguagem e Educação: interação social no cotidiano escolar. 3.ed. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2012, p17.

OLIVEIRA, C.: Um Retrato do Autismo no Brasil – Revista Espaço Aberto: USP, abril 2018. ed. 170.

SANTOS, Érick Tárlen de Melo. Desenvolvimento motor associado à prática do judô na infancia. 2013. 37f. Monografia (Especialização) - Curso de Licenciatura em Educação Física, Universidade Federal de Goiás, Formosa-Go, (2013).

SILVA JÚNIOR, L.P. Avaliação do perfil motor de crianças autistas de 7 a 14 anos frequentadoras da Clínica Somar da cidade de Recife - PE. Campina Grande, 2012. 75f.Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura Plena em Educação Física) - Universidade Estadual da Paraíba.

SILVA, S.G., LOPES, D.T., RABAY, A.A.N., SANTOS, R.M.L., MOURA, S. “Os Benefícios da Atividade Física para Pessoas com Autismo” –Revista Diálogo em Saúde. vol.1 nº1 jan/jun. (2018).

SCOTT, S.; KOZUB, F. M.; GOTO, K. Tae Kwon Do for Children with Autism Spectrum Disorder.Palaestra; winter 2005; v. 21 (1), p. 40, 2005. In Silva, et. al., (2018).

KIPHARD, E. J., & SCHILLING, V. F. (1974). Körper-koordinations-test für kinder KTK: manual Von Fridhelm Schilling. Weinhein: Beltz Test. In Gorla, et. al., (2014).

Downloads

Publicado

2021-04-05