MEIOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E JOGOS PARALÍMPICOS NO RIO DE JANEIRO/BRASIL: AS REPORTAGENS DA ZERO HORA NO ANO DE 2016

Autores

Palavras-chave:

Atividade Motora Adaptada, Esporte Paraolímpico, Pessoa com deficiência, Jornalismo Esportivo

Resumo

O objetivo desta investigação foi identificar a ocorrência e o conteúdo das reportagens da Zero Hora (ZH) antes, durante e após a edição dos Jogos Paralímpicos Rio 2016. A pesquisa foi de caráter quantitativo e descritivo. Concluímos que o jornal procurou evidenciar os atletas sul-rio-grandenses que se destacaram nas competições. Houve um aumento crescente com relação à quantidade de reportagens à medida que se aproximava a data de realização do evento. Percebeu-se que, entre as 22 modalidades paraolímpicas que apresentaram maior evidência, estão o atletismo e a natação. Conforme o fim do evento se aproximou, o ZH passou a dirigir suas reportagens a atletas que alcançaram o maior número de medalhas para o Brasil. Seus efeitos, assim, vão para além da ação informativa, uma vez que geram identidades, fundamentam práticas e entidades e partilham, de modo dinâmico, uma (re)constituição discursiva de tais esportes no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ASSMANN, A. B.; et al. Representações Sociais, Educação Física e Educação Especial: um debate contemporâneo. In: MISSIAS-MOREIRA, R.; et al. (Org.). Representações Sociais na Contemporaneidade. v. 2. Curitiba: CRV, 2019, p. 101-115.

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS. Relatório de atividades. 2014. Disponível em: <https://www.anj.org.br/site/>. Aceso em: 29 abr. 2020.

BATAGLION, G. A.; MAZO, J. Z. Paralimpíadas escolares (2006-2018): Evidências em mídias digitais acerca do evento esportivo. Recorde – Revista de História do Esporte, Rio de Janeiro, v. 12, n. 1, p. 1-42, jan./jun., 2019.

BERTOLDI, R. et al. Esporte Paralímpico e possíveis fatores determinantes do desempenho esportivo: estudo de caso. Motricidade, Ribeira de Pena, v. 14, n. 1, p. 254-262, 2018.

BRASIL. Decreto nº 6.949/2009. Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. Disponível em: http://www.pessoacomdeficiencia.gov.br/app/sites/default/files/publicacoes/convencaopessoascomdeficiencia.pdf. Acesso em: 13 jun. 2020.

CARDOSO, V. D. et al. A contribuição da mídia na construção dos ídolos paralímpicos brasileiros. Cadernos de Educação, Tecnologia e Sociedade, v. 11, n. 1, p. 78-86, jan./mar. 2018.

CARDOSO, V. D.; GAYA, A. C. A classificação funcional no esporte paralímpico. Conexões, Campinas, v. 12, n. 2, p. 132-146, jul. 2014.

CASTRO, Eliane Mauerberg-de; et al. Fatores que afetam a carreira esportiva de alto rendimento do atleta com deficiência: uma análise crítica. Revista da Sobama, Marília, v. 17, n. 2, p. 23-30, Jul./Dez., 2016.

COMITÊ PARALÍMPICO BRASILEIRO. Jogos Paralímpicos: resultados do Brasil. 2020. Disponível em: <https://www.cpb.org.br/competicoes/jogosparalimpicos>. Acesso em: 05 abr. 2020.

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE DESPORTOS DE DEFICIENTES VISUAIS. Seleção Brasileira de Futebol de 5. 2019. Disponível em: <http://cbdv.org.br/selecaofut5>. Acesso em: 02 jun. 2020.

CONVITE para ver os Jogos Paraolímpicos. Zero Hora, Porto Alegre, 8 set. 2016, p. s./p.

CURIOSIDADES. Zero Hora, Porto Alegre, 17/18 set. 2016, p. 46.

DUAS perguntas. Zero Hora, Porto Alegre, 16 set. 2016, p. 2.

É PARAOLIMPÍADA ou Paralimpíada? Zero Hora, Porto Alegre, 9 set. 2016, p. 41.

IMPACTO chamado Cléo Pires. Zero Hora, Porto Alegre, 25 ago. 2016, p. 39.

INTERNATIONAL PARALYMPIC COMMITTEE. Esportes Paralímpicos. 2017. Disponível em: <https://www.paralympic.org/sports>. Acesso em: 01 abr. 2020.

IPC. The following is a guide to correct generic terminology and language to be used in the Paralympic Movement. Portal do International Paralympic Committee (IPC). 3 march 2017. Disponível em: https://www.paralympic.org/sites/default/files/document/170523075210562_2017_03_03+IPC+Style+Guide.pdf. Acesso em: 13 jun. 2020.

IPC. What are the Paralympic values? Disponível em: https://www.paralympic.org/feature/what-are-paralympic-values. Acesso em: 14 jun. 2020.

LINS, S.; et al. “Our voices, our meaning”: The social representations of sports for brazilian athletes with disabilities. Adapted Physical Activity Quarterly, United States of America, v. 36, n. 1, p. 1-19, jan. 2019.

HILGEMBERG, Tatiane. Representação Midiática do Atleta com Deficiência na Mídia Brasileira e Portuguesa – do coitadinho a super-herói. In: Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 36., 2013, Manaus. Anais [...]. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. 2013. p. 1-14.

IBGE. População residente por tipo de deficiência permanente. 2010. Disponível em:
https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/periodicos/94/cd_2010_religiao_deficiencia.p
df. Acesso em: 20 mar. 2020.

MAIA, J.; MAZO, J. Z. Observatório do Esporte Paralímpico e Jogos Rio 2016: reflexões sobre a visibilidade e a memória do paradesporto. Revista da Extensão da UFRGS, Porto Alegre, v. 14, p. 45-51, 2017.

MESQUITA, F. A; TSUTSUI, A. L. N. A Comunicação Oficial dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016: infraestrutura e transparência como pautas centrais. In: Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 37., Foz do Iguaçu. Anais [...]. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. 2014. p. 1.12.

O CARA. Zero Hora, Porto Alegre, 19 set. 2016, p. 2.

O SUCESSO de 2 milhões de ingressos. Zero Hora, Porto Alegre, 17/18 set. 2016, p. 46.

PF investiga uso de recursos do Ministério do Esporte. Zero Hora, Porto Alegre, 5 jul. 2016, p. 29.

SANTOS, S. M. et al. Mídia e Jogos Paralímpicos no Brasil: a cobertura da Folha de S. Paulo entre 1992 e 2016. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Porto Alegre, v. 41, n. 2, p. 190-197, abr./jun. 2019.

SILVA, Michele Oliveira da; SALGUEIRO, Anna Júlia de Lima Rodrigues. Paralimpíada Rio 2016: que evento foi esse?. Revista da Associação Brasileira de Atividade Motora Adaptada, Marília, v. 19, n. 2, p. 127-140, Jul/Dez., 2018.

SUPER-HUMANO. Zero Hora, Porto Alegre, 13 set. 2016, p. 2.

VALE voto. Zero Hora, Porto Alegre, 15 set. 2016, p. 8.

UNIÃO apresenta delegações olímpica e paraolímpica. Zero Hora, Porto Alegre, 1 abr. 2016, p. 41.

WINNICK, J. P. Educação física e esportes adaptados. Tradução de Fernando Lopes. 3. ed. Barueri: Manole, 2004.

Downloads

Publicado

2021-01-13