ADEQUAÇÃO DE CADEIRA DE RODAS BASEADA NO PERFIL FUNCIONAL E POSTURAL DE UM ATLETA DE BOCHA ADAPTADA UTILIZANDO TECNOLOGIA ASSISTISTIVA DE BAIXO CUSTO: ESTUDO DE CASO

Autores

Palavras-chave:

Atividade Motora Adaptada, Paralisia cerebral, Adequação Postural, Tecnologia Assistiva

Resumo

Paralisia cerebral (PC) ou encefalopatia Crônica não progressiva da infância consiste em uma condição que afeta o sistema nervoso central. Indivíduos que apresentam paralisia cerebral do tipo quadriplegia espástica deparam-se com graves alterações posturais, devido a fatores extrínsecos que o acompanham no decorrer da vida, tal como o posicionamento incorreto enquanto sentado na cadeira de rodas.A fim de melhorar tais condições, este estudo teve por objetivo realizar a adequação postural na cadeira rodas de um atleta de bocha adaptada com PC quadriplégico espástico. Para o estudo foi realizado a anamnese, exame físico incluindo avaliação de funcionalidade e postural do voluntário, auxiliado pelo software Kinovea. Como resultado o estudo mostrou que as adequações posturais utilizando-se de adaptações de baixo custo foi satisfatório perante as alterações encontradas no voluntário. Concluiu-se que a intervenção foi benéfica ao participante da pesquisa, pois houve melhora no posicionamento do mesmo na cadeira de rodas, melhorando a mobilidade e qualidade de vida do atleta.

Recebido em: 01/05/2020

Reformulado em: 22/06/20

Aceito em: 06/07/2020

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2021-01-13