BREVE CONSIDERAÇÃO SOBRE O PRAGMATISMO DE PEIRCE

Autores

  • Maria Francysnalda Oliveira Dourado Mestranda em Filosofia pela Universidade Federal do Piauí (UFPI)

DOI:

https://doi.org/10.36311/1984-8900.2018.v10.n25.20.p312

Palavras-chave:

Método, Dúvida, Crença, Hábito

Resumo

Este artigo tem como escopo apresentar brevemente o filósofo que é considerado o pai do pragmatismo, a saber, Charles Sanders Peirce. Assim, não há a pretensão de nos aprofundarmos nas lições desse filósofo, mas tão somente a de termos um panorama dos seus ensinamentos. Primeiramente, apresentaremos alguns críticos dessa corrente filosófica e, então, o pragmatismo do filósofo. Ressalta-se que esse estudo foi realizado mediante leitura, análise e interpretação, portanto, foi utilizada a Pesquisa Bibliográfica como metodologia. Foi observado, pois, que a crença nos leva aos hábitos e estes nos levam à significação. Ademais, o que um objeto significa para um povo diz respeito aos hábitos que o envolvem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-01-09

Edição

Seção

Artigos