FILOSOFIA NO ENSINO MÉDIO: MATERIAIS E MÉTODOS

Autores

  • Wagner Teles de Oliveira Professor de Filosofia da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS)

DOI:

https://doi.org/10.36311/1984-8900.2018.v10n24.05.p55

Palavras-chave:

Ensino de Filosofia, Ensino Médio, Formação de professores, Recursos didáticos

Resumo

Trata-se de apresentar algumas considerações sobre o papel da Filosofia no ensino médio, tendo como ponto de partida o contraste entre um diagnóstico sobre a situação do ensino de Filosofia no Estado da Bahia e as Orientações Curriculares para o Ensino Médio. Esse contraste permite-nos refletir sobre os métodos de ensino como relacionados ao perfil de formação dos professores que atuam no ensino de Filosofia. Apresentamos razões por que julgar serem os textos clássicos da História da Filosofia imprescindíveis ao ensino de Filosofia, aspectos que permitem compreender os métodos e materiais como diretamente relacionados à formação dos professores e, por fim, apresentamos razões que tornam possível compreender que o papel a ser exercido pela Filosofia na formação dos estudantes do ensino médio só pode realizar-se à medida que o ensino subordinar-se à concepção segundo a qual o ensino de Filosofia não pode prescindir dos textos clássicos da História da Filosofia, sendo um dos principais desafios da Filosofia no ensino médio tornar esses mesmos textos acessíveis aos estudantes. Assim, a Filosofia no ensino médio põe duas ordens de questões diretamente relacionadas e das quais depende o seu sucesso: pensar novos tipos de recursos didáticos e repensar a formação dos professores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-12-11