REFLEXÕES META-FILOSÓFICAS DE UMA PERSPECTIVA PRAGMÁTICA E INFORMACIONAL

Autores

  • Edna Alves de SOUZA (UNESP/Marília)

DOI:

https://doi.org/10.36311/1984-8900.2016.v8.n17.14.p236

Resumo

O objetivo deste artigo é refletir sobre algumas características fundamentais daquilo que entendemos por ‘filosofar’, a partir de uma perspectiva pragmática e informacional, inspirada nas respectivas propostas de Wittgenstein e de Floridi. Acreditamos que o pensamento de Wittgenstein e de Floridi pode nos auxiliar a compreender o papel da linguagem no direcionamento de questões filosóficas concernentes à ação cotidiana. Será argumentado a favor da hipótese de que a concepção tradicional da filosofia como apenas um tipo de erudição sofisticada não dá conta de aspectos distintivos do fazer filosófico, enquanto uma atitude diante da experiência comum da vida. Concluiremos com a elucidação das razões de nossa defesa de uma forma de filosofia do senso comum.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Edna Alves de SOUZA (UNESP/Marília)

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Downloads

Publicado

2016-11-07