SATISFATIBILIDADE LÓGICA E A QUASE-VERDADE DE NEWTON DA COSTA

Autores

  • Luiz Henrique da Cruz SILVESTRINI

DOI:

https://doi.org/10.36311/1984-8900.2016.v8.n17.09.p152

Resumo

A quase-verdade ou verdade pragmática foi introduzida por Newton da Costa e seus colaboradores como uma estrutura formal que pode ser empregada como a concepção de verdade inerente às ciências empíricas. No presente artigo, iremos abordar o conceito de quaseverdade por meio de duas noções (formalizações) distintas, a saber, a definição de quasesatisfação, proposta por Bueno e de Souza (1996), e a noção de satisfação pragmática, introduzida por Coniglio e Silvestrini (2014). A despeito da definição de Bueno e de Souza permitir uma interpretação da quase-verdade mais próxima de uma visão empirista, mostramos o quanto ela pode ser discrepante do ponto de vista formal com a proposta original de da Costa. Desse modo, defendemos o uso da formalização da quase-verdade por meio da noção de satisfação pragmática, uma definição mais geral, visto que ela engendra lógicas paraconsistentes adequadas para tal noção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Henrique da Cruz SILVESTRINI

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Downloads

Publicado

2016-11-07