A SOCIALIDADE IMPESSOAL DO DASEIN NA ANALÍTICA EXISTENCIAL DE SER E TEMPO

Autores

  • Jean TONIN (UFSM)

DOI:

https://doi.org/10.36311/1984-8900.2015.v7n15.5704

Palavras-chave:

Dasein. Heidegger. Socialidade.

Resumo

No presente artigo, procuramos explicitar a compreensão heideggeriana de algumas estruturas existenciais, rumo à exposição da socialidade fundamental da existência impessoal ou inautêntica. A partir de uma leitura dos § 25 a 27 de Ser e Tempo, caracterizaremos as estruturas do ser-com [Mit-sein], co-existência [Mit-Dasein] e impessoalidade [Das Man]. Nesse desenvolvimento, trabalharemos com a diferenciação da classe dos comportamentos intencionais para com utensílios e para com os outros. Com base na exposição desses modos de ser do Dasein, elucidaremos a originalidade fundamental da socialidade em nosso existir cotidiano e mediano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-01-02

Edição

Seção

Artigos