A VIOLÊNCIA DO OLHAR: INTERSUBJETIVIDADE EM SARTRE

Autores

  • Siloe Cristina do Nascimento ERCULINO (UNIFESP)

DOI:

https://doi.org/10.36311/1984-8900.2014.v6n11.4564

Palavras-chave:

Sartre. Intersubjetividade. Olhar. Ser-para-outro. Conflito.

Resumo

Explicaremos o conflito entre duas liberdades em Sartre, a partir do conceito de “Olhar”, usando como referência a obra O Ser e o Nada. O olhar do Outro me atravessa com violência, aliena minha liberdade tornando-me objeto, e revela a mim mesmo o que sou sem a minha permissão; na vergonha, eu me vejo pelo olhar do outro com embaraço. Porém, a relação de ver e ser visto é recíproca; enquanto ser-para-outro-sujeito, apreendo o Outro como objeto e lhe atribuo
significações. Assim, concluiremos que cada liberdade tenta sobrepor-se à Outra, alienando-a, o que torna o conflito algo inerente à intersubjetividade em Sartre.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Siloe Cristina do Nascimento ERCULINO (UNIFESP)

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Downloads

Publicado

2014-12-19

Edição

Seção

Artigos