DÉCLARATIONS D'INDÉPENDANCE: LE PROBLÈME DE LA FONDATION DU POUVOIR CHEZ ARENDT, DERRIDA ET NEGRI

Autores

  • Romildo Gomes PINHEIRO (Université Catholique de Louvain)

DOI:

https://doi.org/10.36311/1984-8900.2014.v6n11.4559

Palavras-chave:

Poder Constituinte. Arendt. Derrida. Negri.

Resumo

O texto procura problematizar o conceito de poder constituinte segundo a leitura das revolutions modernes empreendida por H. Arendt. Procura-se reconstruir o quadro histórico da autora desenvolvido na obra On revolution seguindo o desdobramento do conceito de poder constituinte nas analises de Jacques Derrida e Antonio Negri.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Romildo Gomes PINHEIRO (Université Catholique de Louvain)

O Laboratório Editorial foi instituído com o objetivo de criar condições e oportunidades para a difusão de pesquisas e tornar públicos os resultados dos trabalhos do corpo docente da FFC. Constitui-se num órgão adjunto à Diretoria da FFC e vinculado à SAEPE, com o apoio da Seção Gráfica, da Diretoria, da Biblioteca, e das Seções de Finanças, Compras e Técnica Acadêmica. A função do Laboratório Editorial é a de assessorar, planejar, realizar e distribuir livros, periódicos e outras publicações elaboradas na FFC.

E-mail: labeditorial@marilia.unesp.br 

Downloads

Publicado

2014-12-19

Edição

Seção

Artigos