“PERSONAGENS PSICOPÁTICOS NO TEATRO”: INDICAÇÕES SOBRE A INTERPRETAÇÃO FREUDIANA DA TRAGÉDIA

Autores

Palavras-chave:

Filosofia da psicanálise, Estética freudiana, Tragédia e psicanálise

Resumo

O presente artigo deseja evidenciar a interpretação freudiana do drama trágico através dos conceitos e estratégias próprias à psicanálise. Ao evidenciar este movimento interpretativo, oferecemos algumas indicações conceituais sobre o que seria uma estética freudiana: seu modo de proceder, de analisar, de interpretar objetos artísticos. Para tal, traçamos brevemente algumas linhas diretrizes da poética aristotélica e evidenciamos a peculiaridade da análise de Freud sobre o drama trágico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARISTÓTELES. A poética. Tradução de Jaime Bruna. São Paulo: Cultrix, 2005.

FREUD, S. A interpretação dos sonhos. Tradução de Renato Zwick. Porto Alegre: L&PM Editores, 2016c.

______. O interesse da psicanálise. Tradução de Paulo Cesar de Souza. In: Obras Completas Vol. 11. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

______. O escritor e a fantasia. Tradução de Paulo Cesar de Souza. In: Obras Completas Vol. 8. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.

______. Os instintos e seus destinos. Tradução de Paulo Cesar de Souza. In: Obras Completas Vol. 12. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

______. Personagens psicopáticos no teatro. Tradução de Paulo Cesar de Souza. In: Obras Completas Vol. 6. São Paulo: Companhia das Letras, 2016a.

______. Três ensaios sobre a teoria da sexualidade. Tradução de Paulo Cesar de Souza. In: Obras Completas Vol. 6. São Paulo: Companhia das Letras, 2016b.

LORAUX, N. A tragédia grega e o humano. In: NOVAES, A. (org.). Ética. São Paulo: Companhia das Letras, p. 17 – 34, 1992.

MEZAN, R. Freud, pensador da cultura. São Paulo: Blucher, 2019.

MACHADO, R. O nascimento da tragédia. De Schiller a Nietzsche. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006.

VERNANT, J-P., VIDAL-NAQUET, P. Mito e tragédia na Grécia Antiga. São Paulo: Perspectiva, 2014.

YOUNG, J. The philosophy of tragedy. From Plato to Zizek. Cambridge: Cambridge University Press, 2013.

SZONDI, P. Ensaio sobre o trágico. Tradução de Pedro Sussekind. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Edição

Seção

Artigos