A PERSPECTIVA BIOPOLÍTICA DA MEDICINA SOCIAL: SUS, PSF, NEOLIBERALISMO E PANDEMIA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36311/1984-8900.2020.v12n31.p186-213

Palavras-chave:

Medicina Social, Biopolítica, Neoliberalismo, PSF, SUS

Resumo

A medicina é um dos vários temas presentes ao largo da obra de Michel Foucault e possui diversas incursões em seus estudos. Neste artigo, daremos destaque à duas conferências muito conhecidas: Crise da medicina ou crise da antimedicina e a famosa O nascimento da medicina social. O intuito é o de mostrar em que medida a medicina social se configura como um primeiro ponto daquilo que Foucault mais tarde trabalhou, de forma mais incisiva, em seus cursos (de 76 a 79), isto é, a biopolítica. Além disso, buscaremos esclarecer o leitor para a análise da medicina social, no Brasil, por meio do Programa Saúde da Família (PSF) e do Sistema único de Saúde (SUS) do Governo Federal, problematizando-os como seguimentos biopolíticos e averiguando como os mesmos se encontram meio à crise pandêmica ocasionada pela Covid-19.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

“Conheça os diferentes tipos de testes para Covid-19”; Disponível em: https://www.fleury.com.br/noticias/conheca-os-diferentes-tipos-de-teste-para-covid19 ; Acessado em: 10/07/2020.

ALMEIDA, S. L.A. Racismo Estrutural. SP: Sueli Carneiro. Polén: 2019.

BOSCO, Francisco. “Variações sobre o narcisismo” in Cult – Revista Brasileira de Cultura, SP: Editora Bregantini, nº 225, Ano 20, Julho/2017.

DECRETO Nº 729, de 5 de maio de 2020. In. Diário Oficial do Pará. Imprensa Oficial do Estado (IOEPA); Ano: CXXX, nº 34.209. 2020: p. 4. Site: https://drive.google.com/file/d/1rW20B7tm8E3vfCBRu2hJzxSEzsLc4iSE/view ; Acessado em: 10/07/2020.

FOUCAULT, M. “La naissance de la médicine sociale”. In. Dits et Écrits. t. III. Paris: Gallimard, 1994.

______. Arte, epistemologia, filosofia e história da medicina. Manoel B. da Motta [Org.], Trad.: Vera L. A. Ribeiro. RJ: Forense Universitária, 2016.

______. História da Loucura na Idade Clássica. Trad. José T. C. Neto. SP: Perspectiva. 2013.

______. Microfísica do Poder. Roberto Machado [Org.], RJ: Paz & Terra, 2015.

______. Surveiller et Punir : naissance de la prison. Paris : Éditions Gallimard. 1975.

______. “Crise de la médicine ou crise de l’antimédicine ?” In Dits et Écrits. t. III. Paris: Gallimard, 1994.

______. História da Sexualidade I: a vontade de saber. SP: Paz e Terra. 2015.

______. Em defesa da Sociedade: curso dado ao Collège de France (1975-1976). São Paulo: Editora WMF Martins Fontes. 2010.

______. Sécurité, territoire, population. Paris: Seuil/Gallimard. 2004: p. 99. Site do IBGE. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pa/panorama ; Acessado em: 10/07/2020

KELLY, B. "Coronavírus: mundo tem 11,3 milhões de casos; Brasil lidera mortes em 24h, diz 0MS". In. Uol. 06/07/2020. Acessado em: 06/07/2020. Acessível em: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/2020/07/06/coronavirus-oms-registra11327790-casos-e-532340-mortes-no-mundo.htm

MARIZ, R. "Troca de ministros na saúde atrasou a operação de novas UTIS pelo Brasil". In. Época. 22/05/2020. Acessado em 22/05/2020. Disponível em: https://epoca.globo.com/brasil/troca-de-ministros-na-saude-atrasou-operacao-denovas-utis-pelo-brasil-24440313

MBEMBE, A. Necropolítica: biopoder, soberania, estado de exceção, política de morte. Trad.: Renata Santini. SP: n-1 Edições. 2018.

______. “Pandemia democratizou poder de matar, diz autor da teoria da 'necropolítica'”. In: Folha de São Paulo. Postado em: 30/03/2020. Disponível em: https://folha.com/gc5ose8y

MENEZES, A. P. R.; MORETTI, B.; REIS, A. A. C. "O futuro do SUS: impactos das reformas neoliberais na saúde pública - austeridade versus universalidade". In. Saúde Debate, RJ, v. 43, nº Especial 5, p. 58-70, dez/2019. https://doi.org/10.1590/0103-11042019s505.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Consultoria Jurídica/Advocacia Geral da União. Nota Técnica N° 243/2013. Brasília, abril de 2013. Disponível em: http://www.saude.gov.br/images/pdf/2014/agosto/13/Azitromicina.pdf

MONTAÑO, C. “Pobreza, ‘questão social’ e seu enfrentamento”. in Serv. Soc. Soc., São Paulo, n. 110, p. 270-287, abr./jun. 2012. Disponível em: http://www.cressrn.org.br/files/arquivos/nR33120487j7O65JW81e.pdf

PEREIRA, J. C. M. A explicação sociológica da medicina social. São Paulo: Editora UNESP. 2005.

RODRIGUES, H. B. C. Ensaios sobre Michel Foucault no Brasil: presença, efeitos, ressonâncias. Rio de Janeiro: Lamparina, 2016.

ROSA, W. A. G.; LABATE, R. C. “Programa Saúde da Família: a construção de um novo modelo de assistência” in Rev Latino-Am Enfermagem, nov/dez, 2005; 13(6):1027-34. Acessível em: https://doi.org/10.1590/S0104-11692005000600016

SIMON, A. "Covid: Brasil soma 1.312 mortes em 24h, 47% no Sudeste; total é de 66.868". In. Uol. 07/07/2020. Acessado em: 07/07/2020. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/07/07/coronaviruscovid-19-casos-mortos-7-julho.htm

Downloads

Publicado

2020-07-20

Edição

Seção

Artigos