Uso da fotografia como recurso didático para a educação ambiental

Autores

  • Francisca Elinalva Oliveira da Silva Universidade Federal do Maranhão - UFMA
  • Camila Campelo de Sousa Universidade Federal do Maranhão - UFMA

DOI:

https://doi.org/10.36311/2236-5192.2021.v22esp2.p157

Palavras-chave:

Educação Ambiental formal, Recursos didáticos imagéticos, Ensino Fundamental

Resumo

A Educação Ambiental é considerada um tema transversal da Educação, de extrema importância no combate aos impactos ambientais negativos, tornando-se primordial para conservação dos recursos naturais. Dentre os diversos recursos pelos quais pode-se trabalhar a educação ambiental formal, destaca-se o uso de fotografias como tendo grande potencial didático no contexto educacional atual. Este estudo teve como objetivo utilizar fotografias que retratam problemas ambientais como ferramentas didáticas para Educação Ambiental Formal entre estudantes do Ensino Fundamental Anos Finais. Esta pesquisa trata-se de um estudo de casos com aplicação de questionários para docentes e estudantes da Escola Municipal Carlos Henrique Santos Pires, município de Codó (MA). Verificou-se que já é prática a discussão das questões ambientais em sala de aula. Constatou-se que os estudantes têm significativa percepção dos problemas ambientais, identificam e discutem os impactos observados. A Educação Ambiental realizada com a utilização de fotografias traz múltiplas possibilidades de observação e análise dos impactos ambientais, permitindo contextualizar uma temática que apresenta-se como problema a nível global, mas que exige uma abordagem local estratégica, de modo a envolver os estudantes com os problemas que fazem parte de sua realidade e que suas resoluções perpassam o acesso ao conhecimento para transformarem suas realidades socioambientais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisca Elinalva Oliveira da Silva, Universidade Federal do Maranhão - UFMA

Estudante do curso de Licenciatura Interdisciplinar Em Ciências Naturais/Biologia da Universidade Federal do Maranhão

Camila Campelo de Sousa, Universidade Federal do Maranhão - UFMA

Docente do curso de Licenciatura Interdisciplinar em Ciências Naturais/Biologia (UFMA). Graduação em Bacharelado em Ciências Biológicas (UFPI) e em Fisioterapia (UESPI), Mestre em Genética e Melhoramento (UFPI) e Doutora em Ciências (USP).

Referências

BERCHIN, Issa Ibrahim; CARVALHO, Andréia de Simas Cunha. O papel das conferências internacionais sobre o meio ambiente para o desenvolvimento dos regimes internacionais ambientais: de Estocolmo à Rio +20. VII Seminário de Pesquisa Interdisciplinar, Florianópolis – Santa Catarina – Brasil, 2015. Disponível em: http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:DBVShpBUOFgJ:www.unisul.br/wps/wcm/connect/7c137789-3183-40e6-ac62-1dcca60f5b48/artigo_gt-ca_issa-andreia_vii-spi.pdf%3Fmod%3Dajperes+&cd=1&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br. Acesso em:10 jul.2021.

BRASIL. Lei Nº 4.771, 15 de setembro de 1965. Institui o código florestal. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L4771.htm. Acesso em: 10 jul.2021.

BRASIL. Lei N° 6.938, 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a política nacional do meio ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e das outras providencias. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1980-1987/lei-6938-31-agosto-1981-366135-publicacaooriginal-1-pl.html. Acesso em: 09 jun.2021.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília: Supremo Tribunal Federal, Secretaria de Documentação, 2018. 530 p. Disponível em: http://www.stf.jus.br/arquivo/cms/legislacaoConstituicao/anexo/CF.pdf. Acesso em: 05 jul.2021.

BRASIL. Lei N° 9.394, de 20 de Dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 05 jun.2021.

BRASIL. Lei No 9.795, de 27 de Abril de 1999. Dispõe sobre a Educação Ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/l9795.htm. Acesso em: 02 jul.2021.

CODÓ-MARANHÃO. Lei orgânica do município de Codó (1989). Disponível em: https://www.codo.ma.gov.br/uploads/PDF/2021/01/lei-organica-456.pdf. Acesso em: 02 jun.2021.

CODÓ-MARANHÃO. Lei N. º 1.493, de 15 de julho de 2009. Cria o Fundo Municipal do Meio

Ambiente e dá outras providências.

CODÓ-MARANHÃO. Lei N° 1.567, 22 de dezembro de 2011. Institui o código do meio ambiente do município de Codó- Maranhão, e da outras providências. Disponível em: http://www.codo.ma.gov.br/x/leis/1.567%20de%2022.12.2011.pdf. Acesso em:08 jun.2021.

DIAS, G. F. Educação ambiental: princípios e práticas. 8.ed. São Paulo: Gaia, 2004.

FERREIRA, W. M.; SILVA, A. C. T. As fotonovelas no ensino de Química. Química Nova na Escola, v. 33, nº 1, p. 25-31, 2011.

HOFSTATTER, Lakshmi Juliane Vallim. Olhares perceptivos: usos e sentidos da fotografia na educação ambiental. VII EPEA - Encontro Pesquisa em Educação Ambiental Rio Claro - SP, 07 a 10 de Julho de 2013. Disponível em: https://doi.org/10.18675/2177-580X.vol10.n2.p91-108. Acesso em: 05 jul.2021.

JOLY, M. Introdução à análise da imagem. Lisboa: Ed. 70, 2007.

LÜDKE, M., ANDRÉ, M. E. D. A. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas. São Paulo: E.P.U., 1986.

MARANHÃO. Constituição [1989] do Estado do Maranhão. Disponível em: https://reporterbrasil.org.br/wp-content/uploads/2013/08/constituicaoma.pdf. Acesso em: 10 jul.2020.

MARANHÃO. Lei Nº 9.279 de 20 de outubro de 2010. Institui a Política Estadual de Educação Ambiental e o Sistema Estadual de Educação Ambiental do Maranhão. Disponível em: http://stc.ma.gov.br/legisla-documento/?id=4699. Acesso em:20 jun.2021.

MYANAKI, J. A paisagem no ensino de Geografia: uma estratégia didática a partir da arte. 149 f. Dissertação (Mestrado em Geografia). Universidade de São Paulo. São Paulo, 2003.

OLIVEIRA et al. Fotografia e educação ambiental: o uso de imagens em práticas pedagógicas multidisciplinares. Seminário Gepráxis, Vitória da Conquista – Bahia – Brasil, v. 6, n. 6, p 2770-2782, 2017. Disponível em: http://anais.uesb.br/index.php/semgepraxis/article/viewFile/7396/7171. Acesso em:02 jul.2021.

PEREIRA; Jane Aparecida Lazare; CRISOSTIMO; Ana Lúcia. A educação ambiental e o uso da fotografia: mudanças de atitudes em relação à gestão de resíduos sólidos no ensino fundamental. Os desafios da escola pública Paranaense na perspectiva do professor, 2016. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2016/2016_artigo_cien_unicentro_janeaparecidalazare.pdf. Acesso em: 10 jul.2021.

REIS, Marília Freitas de Campos Tozoni. Educação e sustentabilidade: relações possíveis. Olhar de professor, Ponta Grossa, 14(2): 293-308, 2011.Disponível em: http://www.revistas2.uepg.br/index.php/olhardeprofessor. Acesso em:02 jul.2021.

SANTANA , Deisihany Armelin; MOURA; Jeani Delgado Paschoal. A fotografia como instrumento para a consciência socioambiental. JORNADA DE DIDÁTICA - O ensino como foco -i fórum de professores de didática do estado do Paraná, 2009. Disponível em: http://www.uel.br/eventos/jornadadidatica/pages/arquivos/A%20FOTOGRAFIA%20COMO%20INSTRUMENTO.pdf. Acesso em: 17 jul.2021.

SANTOS, Aline Gomes dos. A Inserção da Educação Ambiental no Currículo Escolar. Revista Monografias Ambientais - REMOA v. 15, n.1, jan-abr. 2016.

SARAIVA et al., A Prática Pedagógica do ensino de Educação Ambiental nas escolas públicas de João Câmara – RN. Holos, Ano 24, Vol. 2. Disponível em: http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/187/157. Acesso em: 02 ago.2021.

SILVA, M. C. Educação ambiental: a sustentabilidade em construção. 1. ed. Jundiaí [SP]: Paco Editorial, 2019.

VILMAR, Berna. Como fazer educação ambiental. 2. ed. São Paulo: Paulus, 2004.

Downloads

Publicado

2021-12-22