Diagnóstico dos Repositórios de Dados no Brasil

Autores

  • Fabiano Couto Corrêa da Silva Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) https://orcid.org/0000-0001-5014-8853
  • Amanda Santos Witt Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Larissa Weber Umpierre Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Lucas George Wendt Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Michele Krieger Bohnert Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Wagner Silva Wessfll Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

DOI:

https://doi.org/10.36311/1981-1640.2023.v17.e023031

Palavras-chave:

Repositório de Dados, Comunicação Científica, Dados Científicos, Gestão de Dados

Resumo

Os dados digitais se tornaram essenciais para alavancar a pesquisa científica. Em parte, servem a um papel puramente funcional e efêmero, mas sua importância se torna permanente e o seu valor como substrato da comunicação científica pode aumentar ou diminuir, dependendo das demandas e usos a que são destinados. Nesse contexto, a preservação dos dados passou a ser uma demanda tanto para pesquisadores quanto para universidades e centros de pesquisa. Em resposta, no Brasil têm surgido diferentes repositórios, servindo para armazenar os dados em variadas áreas do conhecimento. A presente pesquisa tem o objetivo de localizar repositórios que reúnem dados primários de pesquisa científica no Brasil. Para realizá-lo, foram empreendidas buscas nos diretórios Re3Data, OpenDoar, ROAR e revisão dos repositórios das Instituições Federais de Ensino Superior cadastradas no Ministério da Educação. Isto possibilitou a localização de 20 repositórios que abrangem dados e a análise  das suas principais características em relação às áreas de cobertura temática e aos padrões de preservação. Os dados obtidos demonstram que, embora a maioria dos repositórios disponibilizem alinhamento com padrões internacionais, alguns não apresentam infraestruturas adequadas para os conjuntos de dados disponibilizados. Considera-se que pode haver falha na gestão de determinados  repositórios, mas a maioria oferece adequação às necessidades para disponibilização e busca dos dados científicos em todos os indicadores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Fabiano Couto Corrêa da Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Professor Adjunto do Departamento de Ciência da Informação/FABICO da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), atuando no curso de graduação de Biblioteconomia e o Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCIN), ambos da mesma instituição. Graduado em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2002), mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2008) e doutor em Información y documentación en la Sociedad del Conocimiento pela Universitat de Barcelona (2017).

Amanda Santos Witt, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Graduada em Ciências Sociais (2011) e em em Biblioteconomia (2015) pela UFRGS. Especialista em Gestão Pública (2019) pela Escola de Administração da UFRGS em parceria com a Universidade Aberta do Brasil (UAB) e em Museografia e Patrimônio Cultural (2019) pelo Centro Universitário Claretiano (CEUCLAR). Exerce o cargo de Bibliotecária-documentalista na UFRGS. Cursa Mestrado em Ciência da Informação no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCIN) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tem experiência na área de Ciência da Informação com ênfase em Biblioteconomia, Ciência Aberta e Ciência Cidadã.

Larissa Weber Umpierre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG), MBA em Gestão de Recursos Humanos - Uninter e Especialização em Gestão Escolar - Faculdade São Luis. Mestrado em Ciência da Informação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Interesse em inovação em bibliotecas e Ciência Cidadã.

Lucas George Wendt, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - PPGCIN da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação - Fabico da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS. Também sou especialista em Comunicação Institucional pela Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul - Fadergs (2021); bacharel em Biblioteconomia pela Universidade de Caxias de Sul - UCS (2021); e bacharel em Jornalismo pela Universidade do Vale do Taquari - Univates (2017). Pesquisador de mestrado no grupo de pesquisa DataLab: Laboratório de Dados, Métricas Institucionais e Reprodutibilidade Científica (CNPq/UFRGS) e no Necit: Núcleo de Estudos em Ciência, Inovação e Tecnologia (CNPq/UFRGS). Profissionalmente atuo como assessor de imprensa na Univates. Desenvolvo projetos de voluntariados em diferentes áreas. Tenho interesse em comunicação e em ciência, com ênfases em comunicação científica, comunicação pública da ciência, divulgação científica, história da ciência, imagem, fotografia e paleontologia.

Michele Krieger Bohnert, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCIN) na UFRGS (início em 2022); Especialização em Big Data, Data Science e Data Analytics pela Unisinos (2020); Especialização em Marketing Estratégico pela ESPM-RS (2010); e Graduação em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela PUCRS (2007). Atualmente é Analista de Pesquisa de Mercado na Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), atuando na Assessoria de Planejamento da instituição.

Wagner Silva Wessfll, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS (2015). Especialista em Tecnologias Google for Education pela Universidade La Salle (2019). Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS (2022). Técnico em Informática pela Escola de Educação Profissional Alcides Maya (2015). Integra a equipe de pesquisadores do Grupo de Pesquisa Datalab (dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/3362011114608134), que é um laboratório para análise de Dados, Métricas Institucionais e Reprodutibilidade Científica. Atualmente é Bibliotecário, na modalidade bolsista, na Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre - UFCSPA, na qual atua manutenção do processo de alimentação e curadoria das coleções do Repositório Institucional (RI). São temáticas de interesse: design instrucional; tecnologias educacionais; fomento à pesquisa; repositórios institucionais e de dados.

Referências

ANGLADA, Luis.; ABADAL, Ernest. ¿Qué es la ciencia abierta? Anuario Thinkepi, v.12, p.292-298, 2018. Disponível em: https://recyt.fecyt.es/index.php/ThinkEPI/article/view/thinkepi.2018.43. Acesso em: 22 dez 2022.

ARANO, Silvia.; MARTINEZ, Gemma., LOSADA, Marina., VILLEGAS, et. al. La comunidad Recursos y datos primarios de la Universitat Pompeu Fabra: los repositorios institucionales como infraestructuras científicas: estudio de caso. Revista Española de Documentación Científica, 34(3), 385-407. 2011. Disponível em: http://doi.org/10.3989/redc.2011.3.834 Acesso em: 25 set. 2022.

BERLIN, M. Semantic Enrichment of Scientific Publications and Metadata. D-Lib Magazine, 18(7), 1. 2012. Disponível em: http://dlib.org/dlib/july12/bertin/07bertin.html. Acesso em: 29 nov. 2022.

BUDAPEST OPEN ACCESS INITIATIVE. Budapest Open Access Initiative. Disponível em:. http://doi.org/10.4403/jlis.it-8629. 2002. Acesso em: 19 nov. 2022.

DIRECTORY OF OPEN ACCESS REPOSITORIES (OpenDOAR). Disponível em: https://v2.sherpa.ac.uk/opendoar/ Acesso em: 18 nov. 2022.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo da Educação Superior. Disponível em: https://www.gov.br/inep/pt-br/areas-de-atuacao/pesquisas-estatisticas-e-indicadores/censo-da-educacao-superior Acesso em: 27 nov. 2022.

MELERO, R., & HERNÁNDEZ-SAN-MIGUEL, J. (2014). Acceso abierto a los datos de investigación, una vía hacia la colaboración científica. Revista Española De Documentación Científica, 37(4), e066. Disponível em: https://doi.org/10.3989/redc.2014.4.1154 Acesso em: 29 nov. 2022.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Disponível em: https://www.gov.br/mec/pt-br Acesso em: 19 nov. 2022.

OECD. Organisation for economic co-operation and development. OECD. Principles and guidelines for access to research data from public funding. Paris, 2007. Disponível em: http:www.oecd.org/sti/sci-tech/38500813.pdf Acesso em: 20 nov. 2022.

OpenAire. Disponível em: https://www.openaire.eu/open-science-fair-2017 Acesso em: 20 nov. 2022.

SAMPAIO, Rosana. Estudos de revisão sistemática: um guia para síntese criteriosa da evidência científica. Rev. bras. fisioter., São Carlos, v. 11, n. 1, p. 83-89, jan./fev. 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbfis/a/79nG9Vk3syHhnSgY7VsB6jG/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 27 nov. 2022.

OECD. Principles and Guidelines for Access to Research Data from Public Funding. Paris. 2007.

REGISTRY OF RESEARCH DATA REPOSITORIES (Re3Data). Disponível em: www.re3data.org/ Acesso em: 18 nov. 2022.

REGISTRY OF OPEN ACCESS REPOSITORIES (ROAR). Disponível em: roar.eprints.org Acesso em: 17 nov. 2022.

SILVA, Fabiano Couto Corrêa da. Gestão de dados científicos. Rio de Janeiro: Interciência. 2019.

SILVEIRA, L. et al. Ciência aberta na perspectiva de especialistas brasileiros: proposta de taxonomia. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, Florianópolis, v. 26, n. 1, p. 1-27, 2021. DOI 10.5007/1518-2924.2021.e79646. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/79646. Acesso em: 22 dez. 2022.

SUBER, P. Open Access. Massachussetts, London: M.I.T. Press. 2012.

Downloads

Publicado

2023-08-05

Como Citar

Couto Corrêa da Silva, F., A. Santos Witt, L. Weber Umpierre, L. George Wendt, M. Krieger Bohnert, e W. Silva Wessfll. “Diagnóstico Dos Repositórios De Dados No Brasil”. Brazilian Journal of Information Science: Research Trends, vol. 17, agosto de 2023, p. e023031, doi:10.36311/1981-1640.2023.v17.e023031.

Artigos Semelhantes

1 2 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.