As incursões da China na América Latina e Atlântico Sul/China’s incursions in Latin America and the South Atlantic

Autores

  • Paulo Duarte

DOI:

https://doi.org/10.36311/2237-7743.2016.v5n1.06.p97

Resumo

Resumo: Este artigo visa contribuir para aumentar o conhecimento sobre a importância da América Latina e do Atlântico Sul no quadro da Nova Rota da Seda da China. O principal argumento reside no fato de existirem vários interesses logísticos, econômicos, bem como securitários, que explicam o interesse de Pequim nestas duas regiões, menos estudadas em comparação com outras áreas onde a Nova Rota da Seda chinesa é mais ativa. O método qualitativo, através da análise hermenêutica, é a metodologia em que se assenta a presente investigação. A partir da análise desenvolvida, são elaboradas algumas críticas e sugestões geoestratégicas ao Governo chinês, a fim de explorar melhor as oportunidades e benefícios que o Atlântico Sul pode apresentar para a Nova Rota da Seda chinesa, inspirados pela crença de que o século XXI não será necessariamente um ‘século Pacífico’, pode muito bem ser Atlântico. Quanto à América Latina, considera-se pertinente a busca da China por ampliar seu soft power e transparência a fim de evitar ou mitigar suspeitas sobre alguns dos seus projetos na região. 

Palavras-chave: China, Nova Rota da Seda, América Latina, Atlântico Sul.

 

Abstract: This paper aims to contribute to increase knowledge about the importance of Latin America and the South Atlantic within the framework of China’s New Silk Road. The central argument is that there are several logistic, economic, as well as security interests which explain Beijing’s interests in these two regions, less studied in comparison to other areas where China’s New Silk Road is more active. The qualitative method, through the hermeneutic analysis, is the methodology supporting this investigation. In the end, we address several geostrategic recommendations to the Chinese Government, in order to better exploit the opportunities and benefits that the South Atlantic may present to China’s New Silk Road, inspired by the belief that the 21st century will not necessarily be a ‘Pacific century’, it may well be an Atlantic one. As for Latin America, we strongly recommend that China improves its soft power and transparency in order to avoid or mitigate suspicion about some of its projects in the region.

Keywords: China, New Silk Road, Latin America, South Atlantic.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Duarte

Doutorando em Relações Internacionais na Université Catholique de Louvain, Bélgica, e investigador no Instituto do Oriente, Lisboa.

Downloads

Publicado

2016-05-01

Como Citar

DUARTE, P. As incursões da China na América Latina e Atlântico Sul/China’s incursions in Latin America and the South Atlantic. Brazilian Journal of International Relations, Marília, SP, v. 5, n. 1, p. 97–123, 2016. DOI: 10.36311/2237-7743.2016.v5n1.06.p97. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjir/article/view/5944. Acesso em: 3 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos