As Missões de Paz sob a ótica de uma nova Divisão Internacional do Trabalho na área da segurança/Peacekeeping Operations from the perspective of a new International Division of Labor in the area of security

Autores

  • Rodrigo Duarte Fernandes dos Passos Unesp Marília

DOI:

https://doi.org/10.36311/2237-7743.2015.v4n2.05.p236

Resumo

O objetivo desta pesquisa é demonstrar a existência de uma divisão internacional do trabalho na área de segurança à luz da teoria crítica das relações internacionais no pós- Guerra Fria. Tal divisão se refere às missões de paz e consiste no uso de alto poder coercitivo por parte dos países industrializados, por oposição ao uso de poder coercitivo brando pelos países não industrializados. Estes últimos fornecem a maior parte do contingente para as missões no período em questão, a maioria delas concentrada nas áreas periféricas do globo. Por sua vez, os países industrializados usam alto poder coercitivo. Tal perspectiva corrobora indiretamente a hegemonia norte-americana e caracteriza uma lógica problem-solving. De modo geral, o texto analisa as missões de paz no período em questão, bem como a experiência e as políticas brasileiras voltadas para a MINUSTAH. Entende-as com um perfil que pouco contribui para a transformação da ordem global.

Palavras-chave: Teoria crítica, missões de paz, divisão internacional do trabalho na área de segurança, MINUSTAH, problem-solving, hegemonia norte-americana no pós-Guerra Fria.

 

 

Abstract: The aim of this research is to point a security international labor division in the light of international relations critical theory in Post-Cold War period. Such division concerns peacekeeping operations and consists of high coercion by industrialized countries, in opposition of soft power use by non industrialized countries. These ones have the largest contingent for peacekeeping operations in the mentioned period, most of them concentrated global peripherical areas. By his term, the industrialized ones use high coercion. Such perspective supports indirectly US hegemony and consists of a problem-solving logic. In general terms, this text analyses peacekeeping operations in the mentioned period, as well as Brazilian MINUSTAH experience and policy. All of them are understood in terms of little contribution for global order transformation.

Key-words: Critical theory, peacekeeping operations, international security labor division, MINUSTAH, problem-solving, post-Cold War US hegemony.

 

 

DOI: 10.20424/2237-7743/bjir.v4n2p236-272

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Rodrigo Duarte Fernandes dos Passos, Unesp Marília
    Doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo, Professor de graduação e pós-graduação de Relações Internacionais da Unesp, campus de Marília. Professor Colaborador de pós-graduação em Ciência Política da Unicamp. Pesquisador-visitante e bolsista do Programa de Pesquisa para o Desenvolvimento Nacional (PNPD) do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) no ano de 2011.

Downloads

Publicado

2015-08-31

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

As Missões de Paz sob a ótica de uma nova Divisão Internacional do Trabalho na área da segurança/Peacekeeping Operations from the perspective of a new International Division of Labor in the area of security. Brazilian Journal of International Relations, Marília, SP, v. 4, n. 2, p. 236–272, 2015. DOI: 10.36311/2237-7743.2015.v4n2.05.p236. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjir/article/view/5304.. Acesso em: 16 jun. 2024.