A Rússia e o exterior próximo: potencialidades e entraves para um projeto de grande potência/Russia and the Near Abroad: possibilities and barriers for a great power project

Autores

  • Marcos Paulo dos Reis Quadros PUCRS
  • Lauren Machado

DOI:

https://doi.org/10.36311/2237-7743.2015.v4n3.07.p582

Resumo

Considerando a política externa russa dos anos 1990 até a atualidade, o artigo visa identificar a importância exercida pela região conhecida como Exterior Próximo para o posicionamento internacional da Rússia. Para tanto, investiga inicialmente o contexto de virtual ostracismo político e econômico que acompanhou o governo de Boris Yeltsin, evidenciando que a política externa russa do período flertou abertamente com o Ocidente e conformou-se à perda de prestígio decorrente da implosão da URSS. No entanto, a pesquisa salienta que as administrações capitaneadas por Vladimir Putin suscitaram uma revigorada assertividade da Rússia no plano internacional, reintroduzindo, na prática, um projeto de grande potência para o país. Através de análise que enfatiza os documentos intitulados “Conceito de Política Externa da Federação Russa”, publicados em 1993, 2000 e 2008 pelo Kremlin, o artigo sugere que o país procura confirmar e robustecer sua presença no Exterior Próximo justamente por considerar a região fundamental para efetivar seu protagonismo no cenário internacional. Por fim, o artigo discute as potencialidades e os entraves para os interesses russos na região, destacando as relações políticas e econômicas e o peso da coerção militar.

Palavras-chave: Política Externa Russa; Exterior Próximo; Grande Potência.


Abstract: Considering the 1990s’ Russian foreign policy until the present, this article aims to identify the importance exerted by the region known as Near Abroad to Russia’s international positioning. To do so, initially this study investigates the virtual political and economic wilderness context that has accompanied the government of Boris Yeltsin, showing that Russian foreign policy in this period has openly flirted with the West and conformed itself to prestige’s loss resulted from the URSS’ implosion. However, the research stresses that Vladimir Putin’s administrations have raised Russia's assertiveness on the international stage, reintroducing, in practice, a great power project for the country. Through an analysis that emphasizes the documents entitled "Foreign Policy Concept of the Russian Federation", published in 1993, 2000 and 2008 by the Kremlin, this article suggests that the country seeks to confirm and strengthen its presence on the Near Abroad precisely because Russia considers this region fundamental to carry out its role on the international stage. Finally, the article discusses the possibilities and obstacles for Russian interests in the region, highlighting the political and economic relations and the military coercion’s weight.

Keywords: Russian Foreign Policy; Near Abroad; Great Power. 



DOI: 10.20424/2237-7743/bjir.v4n3p582-607

 

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Marcos Paulo dos Reis Quadros, PUCRS

    Cientista político e doutorando em Ciências Sociais (PUCRS/UCP - Lisboa). Professor da Faculdade América Latina e pesquisador do Centro de Análises Econômicas e Sociais.

  • Lauren Machado
    Bacharel em Relações Internacionais pela Faculdade América Latina.

Downloads

Publicado

2015-12-21

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

A Rússia e o exterior próximo: potencialidades e entraves para um projeto de grande potência/Russia and the Near Abroad: possibilities and barriers for a great power project. Brazilian Journal of International Relations, Marília, SP, v. 4, n. 3, p. 582–607, 2015. DOI: 10.36311/2237-7743.2015.v4n3.07.p582. Disponível em: https://revistas.marilia.unesp.br/index.php/bjir/article/view/4044.. Acesso em: 18 jul. 2024.