Aos trancos e barrancos

o Mercosul na Política Externa Brasileira (2015-2021)

Autores

  • Regiane Nitsch Bressan UNIFESP
  • Roberto Goulart Menezes UnB
  • Alina da Silva Ribeiro UnB

Palavras-chave:

Política Externa Brasileira, Integração Regional, Mercosul, Governo Temer, Governo Bolsonaro

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar o papel do Mercosul na política externa brasileira entre 2015 e 2021, período no qual ocorreram mudanças significativas na posição do Brasil em relação ao bloco. Ao contrário dos governos Lula da Silva (2003-2010) e Dilma Rousseff (2011-2016), quando o País exerceu uma política externa de protagonismo e prioridade em relação ao Mercosul, a partir de 2015 ele perdeu importância estratégica na agenda externa brasileira. O governo Michel Temer foi marcado pela retração na integração regional com a expulsão da Venezuela do bloco, a aproximação com a Aliança do Pacífico e retorno ao regionalismo aberto. No governo Bolsonaro, essa agenda de desvencilhamento do Mercosul se intensificou uma vez que a política externa do Brasil foi marcada pelo alinhamento sem recompensas com os Estados Unidos de Trump até janeiro de 2021. Assim, o Mercosul atravessa um dos períodos mais difíceis desde sua criação em 1991. Entendemos que ao distanciar-se da região e tentar reverter o legado dos governos anteriores, deixando o Mercosul em compasso de espera, o Brasil acabou por debilitar o seu papel na governança regional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Regiane Nitsch Bressan, UNIFESP

Professora Adjunta de Relações Internacionais na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Doutora e Mestre em Integração da América Latina (Prolam/USP). Professora do Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais San Tiago Dantas (UNESP, UNICAMP, PUC-SP). Coordenadora do Observatório de Regionalismo (ODR). Áreas de interesse: Relações Internacionais da América Latina, Integração Regional, Política Externa Brasileira e Regionalismo. 

Roberto Goulart Menezes, UnB

Professor associado II do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (UnB). Foi professor visitante na Johns Hopkins University (2018-2019). Pesquisador do INCT-INEU (CNPq/Fapesp) e Coordenador do Núcleo de Estudos Latino-Americanos (Irel/UnB). Bolsista Produtividade em Pesquisa/CNPq. Áreas de interesse: Relações Internacionais da América Latina/América do Sul, Integração Regional, Economia Política Internacional, Política Externa Brasileira e Política Externa dos Estados Unidos. 

Alina da Silva Ribeiro, UnB

Mestranda em Ciências Sociais pela Universidade de Brasília (UnB), graduada em Relações Internacionais pelo Instituto de Educação Superior de Brasília (IESB), pesquisadora do Núcleo de Estudos Latino-Americanos (NEL-UnB) e colaboradora no Centro de Estudios de Política Internacional da Universidad de Buenos Aires (CEPI-UBA). Principais áreas de interesse: democracia, decolonialidade, neoextrativismo, América Latina e Bolívia.

Referências

AGOSTINE, C.; RAMALHO, A. Paulo Guedes diz que Mercosul não é prioridade de Bolsonaro. Valor Econômico, 28 out. 2018. Disponível em: <https://valor.globo.com/politica/noticia/2018/10/28/paulo-guedes-diz-que-mercosul-nao-e-prioridade-de-bolsonaro.ghtml> Acesso em 10 jun.2021.

ANDRADE. H; ALBUQUERQUE, R.No Mercosul, Bolsonaro pede 'modernização' e cobra revisão de tarifa. UOL, 26. março. 2021. Disponível em: https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2021/03/26/no-mercosul-bolsonaro-pede-modernizacao-e-cobra-revisao-de-tarifa.htm Acesso em 30 abr. 2021.

ARAUJO, E. Brazil Sees Argentina’s Fernandez as Threat to Mercosur, Economy (Bloomberg, 3 set. 2019). Ministério das Relações Exteriores. Disponível em: <http://antigo.itamaraty.gov.br/pt-BR/discursos-artigos-e-entrevistas-categoria/ministro-das-relacoes-exteriores-entrevistas/21363-brazil-sees-argentina-s-fernandez-as-threat-to-mercosur-economy-bloomberg-3-09-2019-ingles>. Acesso em 15 jun.2021.

ARGENTINA. N: Es necesario fortalecer el Mercosur y no pensar en ‘salidas individuales’. Ministerio de Relaciones Exteriores, Comercio Internacional y Culto. 11 jun. 2021. Disponível em: <https://www.cancilleria.gob.ar/es/actualidad/noticias/neme-es-necesario-fortalecer-el-mercosur-y-no-pensar-en-salidas-individuales>. Acesso em 15 jun. 2021.

AYERBE, Luis Fernando (Org.). Novas lideranças políticas e alternativas de governo na América do Sul. São Paulo: Unesp, 2008.

BOLSONARO, J. Discurso do Presidente da República, Jair Bolsonaro, na Cúpula do Mercosul por ocasião dos 30 anos do Tratado de Assunção (videoconferência). Palácio do Planalto. 2021. Disponível em: <https://www.gov.br/planalto/pt-br/acompanhe-o-planalto/discursos/2021/discurso-do-presidente-da-republica-jair-bolsonaro-na-cupula-do-mercosul-por-ocasiao-dos-30-anos-do-tratado-de-assuncao-videoconferencia-palacio-do-planalto>. Acesso em 25 mai. 2021.

BOLSONARO, J. M. Precisamos nos livrar das amarras do Mercosul e partir para o bilateralismo. O Brasil tem autonomia para fazer comércio com o mundo todo! 25 ago. 2017. Twitter: @jairbolsonaro. Disponível em: <https://twitter.com/jairbolsonaro/status/901143413587890176>. Acesso em 02 jun. 2021.

BRASIL. Discurso de posse - Ministro das Relações Exteriores Celso Amorim. 2003. Disponível em <https://www.funag.gov.br/chdd/index.php/ministros-de-estado-das-relacoes-exteriores/61-ministros-das-relacoes-exteriores/166-celso-amorim>. Acesso em 27 mai. 2021.

BRASIL. Discurso do Presidente da República, Jair Bolsonaro, durante Cerimônia de formatura da Turma do Instituto Rio Branco - Brasília, 3 mai. 2019. Disponível em: <https://www.gov.br/mre/pt-br/centrais-de-conteudo/publicacoes/discursos-artigos-e-entrevistas/presidente-da-republica/presidente-da-republica-federativa-do-brasil-discursos/discurso-do-presidente-da-republica-jair-bolsonaro-durante-cerimonia-de-formatura-da-turma-do-instituto-rio-branco-brasilia-3-de-maio-de-2019>. Acesso em 12 mai. 2021.

BRESSAN, R. N. O espaço da América do Sul na política externa brasileira. In: SERBIN, A.et al (Orgs.). Anuario de la Integración Regional de América do Sul y el Caribe – Fin de ciclo y reconfiguración regional: Miradas sobre América do Sul y las relaciones Cuba-Estados Unidos. Coordinadora Regional de Investigaciones Económicas y Sociales (CRIES), p. 311-332, 2016

BRESSAN, R. N. Política externa brasileña hacia América del Sur: la gobernanza regional de la Amazonia en el gobierno Bolsonaro. In: PASTRANA, E; STOPER, N. Governanza multinivel de la Amazonia. Bogotá: Fundación Konrad Adenauer: ESAP, 2020.

COLETTA, R. Ernesto Araújo exclui curso sobre América Latina de formação de diplomatas. Folha de S. Paulo, 10 fev 2019. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2019/02/chanceler-exclui-curso-sobre-america-latina-de-formacao-de-diplomatas.shtml>. Acesso em 11 mai. 2021.

COLOMBO, S. Pela 1ª vez com Bolsonaro, Fernández pede fim de arestas entre governos por mais integração regional. Folha de S. Paulo, 2 jul. 2020. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2020/07/pela-1a-vez-com-bolsonaro-fernandez-pede-fim-de-arestas-entre-governos-por-mais-integracao-regional.shtml>. Acesso em 15 jun. 2021.

COSTA, K. Guedes defende flexibilizar acordos comerciais com países do Mercosul. Rádio Nacional. 2021. Disponível em: <https://agenciabrasil.ebc.com.br/radioagencia-nacional/economia/audio/2021-04/guedes-defende-flexibilizar-acordos-comerciais-com-paises-do-mercosul>. Acesso em 15 jun.2021.

DEUTSCHE WELLE BRASIL. Bolsonaro rebate Merkel: “Alemães têm a aprender conosco”. 27 jun. 2019. Disponível em: <https://www.dw.com/pt-br/bolsonaro-rebate-merkel-alem%C3%A3es-t%C3%AAm-a-aprender-conosco/a-49376010>. Acesso em 09 mai. 2021.

EXAME. Fernández visita Lula e diz que vai rever pacto com UE se ganhar eleições. 5 jul. 2019. Disponível em: <https://exame.com/mundo/fernandez-visita-lula-e-diz-que-vai-rever-pacto-com-ue-se-ganhar-eleicoes/>. Acesso em 15 jun. 2021.

FERNANDES, M.; WEGNER, R. Integração regional: o Mercosul na enseada das orientações políticas. Austral: Revista Brasileira de Estratégia e Relações Internacionais. v. 7, n. 13, jan/jun. pp. 264-283, 2018.

FIGUEIREDO, J. Brasil precisa reconstruir a confiança com resultados em matéria de desmatamento, alerta embaixador da UE. O Globo. 26 mai. 2021. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/mundo/brasil-precisa-reconstruir-confianca-com-resultados-em-materia-de-desmatamento-alerta-embaixador-da-ue-1-25033740>. Acesso em 16 jun. 2021.

FIGUEIREDO, J. Cúpula dos 30 anos do Mercosul termina em bate-boca e retrata o pior momento do bloco, O Globo, 26 mar. 2021. Disponível em: https://oglobo.globo.com/mundo/cupula-dos-30-anos-do-mercosul-termina-em-bate-boca-retrata-pior-momento-do-bloco-24942805 Acesso 03 mai. 2021.

FOLHA DE S. PAULO. Mercosul tem que ser conveniente com o Brasil, diz Guedes sobre tarifa, 20 ago. 2021, p. A19.

FRANÇA, C. Discurso de posse do senhor Ministro de Estado das Relações Exteriores, Embaixador Alberto Franco França - Brasília, 06 abr.2021. Governo Federal. 2021. Disponível em: <https://www.gov.br/mre/pt-br/centrais-de-conteudo/publicacoes/discursos-artigos-e-entrevistas/ministro-das-relacoes-exteriores/discursos-mre/discurso-de-posse-do-senhor-ministro-de-estado-das-relacoes-exteriores-embaixador-carlos-alberto-franco-franca-2013-brasilia-06-04-2021>. Acesso em 15 jun.2021.

FUNDAÇÃO ULYSSES GUIMARÃES; PMDB. Uma ponte para o futuro. Disponível em: https://www.fundacaoulysses.org.br/wp-content/uploads/2016/11/UMA-PONTE-PARA-O-FUTURO.pdf 2015

GARCIA, Marco A. A opção sul-americana. Revista Interesse Nacional, ano 1, n. 1, abr.-jun. 2008.

G1. José Serra é acusado de tentar comprar voto do Uruguai no Mercosul. Agosto de 2016. Disponível em:http://g1.globo.com/hora1/noticia/2016/08/jose-serra-e-acusado-de-tentar-

comprar-voto-do-uruguai-no-mercosul.html Acesso em: 20.8.2016.

G1. PSDB pede ao TSE auditoria para verificar 'lisura' da eleição. Outubro de 2014. Disponível em: http://g1.globo.com/politica/noticia/2014/10/psdb-pede-ao-tse-auditoria

-para-verificar-lisura-da-eleicao.html. Acesso em: 20.8.2016.

ITAMARATY. Decisão sobre a suspensão da República Bolivariana da Venezuela do Mercosul em aplicação do Protocolo de Ushuaia sobre Compromisso Democrático no Mercosul. ago 2017. Disponível em: <http://antigo.itamaraty.gov.br/pt-BR/notas-a-imprensa/17051-decisao-sobre-a-suspensao-da-republica-bolivariana-da-venezuela-do-mercosul-em-aplicacao-do-protocolo-de-ushuaia-sobre-compromisso-democratico>. Acesso em 01 mai.2021.

ITAMARATY. Ernesto Araújo - Discurso de Posse. jan 2019. Disponível em: <https://www.funag.gov.br/chdd/index.php/ministros-de-estado-das-relacoes-exteriores?id=317>. Acesso em 01 mai.2021.

KLEMI, A. M.; MENEZES, R.G. Brasil e Mercosul: rumos da integração na lógica do neodesenvolvimentismo (2003-2014). Cadernos CRH, v. 29, p. 135-150, 2016.

MARIANO, K.; MENEZES, R.G. Brazil: from autonomy to the sorcerer’s apprentice. IN: MAHLER, G. (Ed.). Foreign Perceptions of the United States under Donald Trump. Lanham, MD: Lexington Books, 2021.

MENEZES, R.G.; BARBOSA JR, R. Environmental governance under Bolsonaro: dismantling institutions, curtailing participation, delegitimising opposition. Zeitschrift für vergleichende politikwissenschaft, vol. 15, p. 229-247, 2021.

MENEZES, R. G.; SABATOVICZ, S.; BISPO, L. O Acordo Mercosul-União Européia: uma análise a partir do Brasil. In: ESPÓSITO, T. (Org.). União Europeia: Visões do Sul. Foz do Iguaçu: Editora Idesf, p. 96-112, 2021.

MENEZES, R. G.; SABATOVICZ, S. Agora vai? As negociações do Acordo Mercosul-União Europeia no contexto da nova onda de liberalização radical da economia brasileira. In: Espósito, T.; Sartori, H. (Org.). União Europeia: visões brasileiras.Curitiba: Editora Appris, p. 195-205, 2019.

MENEZES, R.G.; MARIANO, K. Brasil e a trajetória recente da integração sul-americana (2008-2015): liderança, competição e novos rumos. In: Acosta, Willy Soto (Org.). Repensar las fronteras, la integración regional y el territorio. Heredia, Costa Rica: CLACSO, IDESPO, Universidad Nacional de Costa Rica, v. 1, p. 167-175, 2017.

NUNES JR., E.; MENEZES, R.G. O Mercosul e os Acordos Comerciais Extrarregionais. Uma análise das condicionantes (2000-2014). In: Briceño, J. (Org.). La integración latinoamericana en debate: incertidumbre, formatos institucionales fragmentados y caminos alternativos latentes. Buenos Aires: Editorial Teseo, p. 259-282, 2019.

PINTO, A. Bolsonaro lamenta eleição de Fernández e diz que não vai cumprimentar argentino. Folha de S. Paulo, 28 out. 2019. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2019/10/bolsonaro-lamenta-eleicao-de-fernandez-e-diz-que-nao-vai-cumprimentar-argentino.shtml>. Acesso em 12 mai. 2021.

RAINFOREST FOUNDATION NORWAY. European public opinion opposes Mercosur trade deal. 2021. Disponível em <https://www.regnskog.no/en/news/european-public-opinion-opposes-mercosur-trade-deal>. Acesso em 16 jun. 2021.

RIGGIROZZI, P.; TUSSIE, D. The Rise of Post-Hegemonic Regionalism in Latin America. IN: RIGGIROZZI, P.; TUSSIE, D. (eds.). The Rise of Post-Hegemonic Regionalism: The Case of Latin America. Southampton: Springer, 2012, p. 1-16.

ROSENAU, J. N. Governance in the Twenty-First Century. In: T. J. Sinclair, Global governance: critical concepts in political science vol. 1, 1995, p. 13-43.

SANTOS, Fábio Luis Barbosa. Uma história da onda progressista sul-americana (1998-2016). São Paulo: Elefante, 2018.

SINGER, A.. O Lulismo em crise. São Paulo: Cia. Das Letras, 2018.

SVAMPA, M.. As fronteiras do neoextrativismo na América Latina. São Paulo: Elefante, 2019.

SALGADO, V; BRESSAN, R. O acordo de associação Mercosul-União Europeia e a política externa brasileira. Revista NEIBA - Cadernos Argentina-Brasil. vol. 9, pp. 1-22, 2020Disponível em: <https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/neiba/article/download/50950/33988>. Acesso em 27 mai. 2021.

SARAIVA, M; SILVA, Á. Ideologia e pragmatismo na política externa de Jair Bolsonaro. Relações Internacionais, dez. de 2019. pp. 117-137. Disponível em: <http://www.ipri.pt/images/publicacoes/revista_ri/pdf/ri64/RI_64_art08_MGSAVCS.pdf>. Acesso em 12 mai.2021.

SANAHUJA, J. A. Del ‘Regionalismo Abierto’ al ‘Regionalismo Post-Liberal’. Crisis y Cambio en la Integración Regional en América Latina. Anuario de la Integración Regional de América Latina y el Gran Caribe 2008-2009, Buenos Aires, p. 11-54, 2009.

SANAHUJA, J. A.; BURIAN, C. L.; Internacionalismo reaccionario y nuevas derechas neopatriotas latinoamericanas frente al orden internacional liberal. Conjuntura Austral, Porto Alegre, RS, v. 11, n. 55, p. 22 - 34, set. 2020. Disponível em: <https://seer.ufrgs.br/ConjunturaAustral/article/view/106956/58612>

SERBIN, A., Los nuevos escenarios de la regionalización: Déficit democrático y participación de la sociedad civil en el marco del regionalismo suramericano. Documentos CRIES, 17, 2011.

SERRA, J. Discurso do ministro José Serra por ocasião da cerimônia de transmissão do cargo de ministro de Estado das Relações Exteriores - Brasília, 18 de maio de 2016. Itamaraty. 2016a. Disponível em: <http://antigo.itamaraty.gov.br/pt-BR/discursos-artigos-e-entrevistas-categoria/ministro-das-relacoes-exteriores-discursos/14038-discurso-do-ministro-jose-serra-por-ocasiao-da-cerimonia-de-transmissao-do-cargo-de-ministro-de-estado-das-relacoes-exteriores-brasilia-18-de-maio-de-2016>. Acesso em 25 mai. 2021.

SERRA, J. Pronunciamento de José Serra em 04/03/2015. Senado Federal. Disponível em: <https://www25.senado.leg.br/web/atividade/pronunciamentos/-/p/texto/411299>. Acesso em 25 mai. 2021.

SERRA, J. Plano de governo, mimeo, 2010.

TEMER, M. O Brasil no Mundo: Abertura e Responsabilidade. Brasília, Funag, 2018.

TOLOTTI, Rodrigo. “Não quero que ela saia, quero sangrar a Dilma”, diz Aloysio Nunes. Info Money. 09 de março de 2015. Disponível em: https://www.infomoney.com.br/politica/nao-quero-que-ela-saia-quero-sangrar-a-dilma-diz-aloysio-nunes/. Acesso em 25 agosto. 2021.

TUSSIE, D.; TRUCCO, P., Nación y Región en América Del Sur: los actores nacionales y la economía de La integración sudamericana. Buenos Aires: Teseo, 2010.

VEIGA, P; RÍOS S., O regionalismo pós-liberal na América do Sul: origens, iniciativas e dilemas. Série Comércio Internacional, 82. CEPAL, 2007.

Downloads

Publicado

2021-10-29

Edição

Seção

Edição Especial