A DIMENSÃO POLÍTICA DO PROJETO PEDAGÓGICO E O TRABALHO DE GESTÃO ESCOLAR

Palavras-chave: Autonomia, Avaliação, Diálogo, Gestão Democrática, Projeto Político-Pedagógico (PPP)

Resumo

Entendendo que a responsabilidade em aprender não é somente do aluno, o presente trabalho apresenta ao gestor alternativas de ações que possibilitam
categorizar diferentes áreas de atuação, orientando o estudo da realidade escolar para o alcance das expectativas traçadas nos objetivos da instituição. Se ao professor cabe o domínio do conteúdo e a metodologia, ao gestor incumbe o domínio de indicadores da gestão. A finalidade é envolver a comunidade e afetá-la, no sentido de querer fazer para o bem comum. De que maneira o estudo dos valores morais proporciona a coerência entre o político e o pedagógico? Trata-se de pautar a cultura da convivência e do trabalho escolar em valores morais e não somente em prazos de entrega e planos que se distanciam da função política de uma educação comprometida com o desenvolvimento da autonomia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAGÃO, C. et al. Valores Sociomorais. Americana: Adonis, 2017 (Coleção Valores Sociomorais).

ARAÚJO, U. F.; PUIG, J. M.; ARANTES, V. A. (org.). Educação e valores: pontos e contrapontos. São Paulo: Summus, 2007 (Coleção Pontos e Contrapontos).

LA TAILLE, Y. Moral e ética: dimensões intelectuais e afetivas. Porto Alegre: Artmed, 2006.

LU?CK, H. Gestão da cultura e do clima organizacional da escola. Petrópolis: Vozes, 2011.

PARO, V. H. Gestão democrática da escola pública. São Paulo: Cortez, 2016.

PIAGET, J. El psicoanálisis y sus relaciones con la psicología del niño. In: DELAHANTY, G. P. (comp.). Piaget y el psicoanálisis. Mexico: Universidad Autónoma Metropolitana, 1994 [1920]. p. 181-290.

QUALIDADE: Manual para o Diagnóstico Institucional e o desenho do Plano de Melhoramento. Chile: Fundação Chile, 2009.

TAVARES, M. R.; MENIN, M. S. S. (coord.). Avaliando valores em escolares e seus professores: proposta de construção de uma escala. Textos FCC. São Paulo, v. 46, p. 73-75, out. 2015.

VASCONCELLOS, C. S. Planejamento – Projeto de Ensino-Aprendizagem e Projeto Político-Pedagógico. São Paulo: Liberdade, 2012.

VEIGA, I. P. A. Inovações e projeto político-pedagógico: uma relação regulatória ou emancipatória? Cad. CEDES, Campinas, v. 23, n. 61, dez. 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32622003006100002. Acesso em: 14 nov. 2019.

VINHA, T. P. O educador e a moralidade infantil: uma visão construtivista. São Paulo: Mercado de Letras, 2000.

VINHA, T. P. et al. O clima escolar e a convivência respeitosa nas instituições educativas. Est. Aval. Educ., São Paulo, v. 27, n. 64, p. 96-127, jan./abr. 2016.

VINHA, T. P. et al. Da escola para vida em sociedade: o valor da convivência democrática. Americana: Adonis, 2017 (Coleção Valores Sociomorais).
Publicado
2020-08-06
Seção
Artigos