O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores

Processo de Avaliação pelos Pares

Os textos serão encaminhados a pareceristas ad hoc em sistema blind review e o resultado das avaliações será comunicado ao(s) autor(es).

Todos os avaliadores são doutores com experiência em pesquisa e docência. O princípio que adotamos para o recrutamento destes avaliadores preza pela especialidade e por um conhecimento amplo da área.

Será utilizado apenas um avaliador por trabalho submetido, porém se o autor discordar do parecer, o mesmo poderá solicitar à Equipe Editorial da Revista a submissão do trabalho a um novo parecerista. Neste sentido, caso o segundo parecerista emita um parecer contrário ao do primeiro parecerista, submeteremos a um terceiro parecerista; valendo, portanto, o resultado da maioria simples dos três pareceres.

Para manter uma maior diversidade de pontos de vista, a Schème não publica mais de um artigo com um mesmo nome de autor (incluindo co-autoria) em um mesmo número, bem como não publica artigos de um mesmo autor (incluindo co-autoria) em um número imediato ao publicado anteriormente. O autor ou co-autor que publicou em um número deve aguardar, no mínimo, um intervalo de um número para publicar um novo artigo.

O tempo padrão para conclusão de uma avaliação é de até 3 meses.

Política de Acesso Livre

A Schème permite acesso aberto distribuído sob os termos da Creative Commons Attribution segundo a licença Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual. Esta licença permite que outros, a partir dos trabalhos publicados na Schème, remixem, adaptem e criem para fins não comerciais, desde que atribuam à Revista o devido crédito e que licenciem as novas criações sob termos idênticos. Portanto, a Schème oferece acesso livre ao seu conteúdo, seguindo o princípio de disponibilizar acesso gratuito e universal ao conhecimento científico. Não combramos dos autores taxa de processamento de artigos. 

Declaração de Direito Autoral

Os autores que publicam na Schème mantêm seus direitos autorais e concedem o direito de primeira publicação à Revistapermitindo, com isso, o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta Revista. O conteúdo e os resultados das pesquisas contidos nos trabalhos são de total responsabilidade dos seus autores.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Conflitos de Interesse

É necessário que os autores declarem qualquer relação financeira ou pessoal com outras pessoas ou organizações. Essa informação é relevante para que possamos avaliar se há conflito de interesse que possa influenciar inapropriadamente o viés do trabalho. São exemplos de potenciais de conflitos de interesse: relações de trabalho, consultorias, propriedade de patentes, produtos ou processos, honorários, financiamentos e bolsas. Se não houver conflito de interesse, declare, explicitamente, que não existem conflitos.

Indicação de contribuição de autoria

Será solicitado, quando necessário, pelo apoio editorial da revista, na versão final após todo processo editorial, no final do manuscrito, a descrição da contribuição individual de cada autor para a produção da pesquisa e do manuscrito.

Comitê de Ética

A Schème pede que o autor informe se há aprovação do Comitê de Ética no caso de pesquisa com seres humanos.

Normas de Publicação

A Schème recebe artigos, traduções, entrevistas, resenhas, e outras modalidades de publicações (desde que submetidas ao Conselho Editorial) e que não tenham sido enviados ou submetidos simultaneamente a outros periódicos.  Os trabalhos devem ser enviados através do seu sistema eletrônico ou por email scheme@marilia.unesp.br. 

A revisão e os conteúdos dos artigos, bem como das resenhas e traduções são de responsabilidade exclusiva de seus autores. Após a submissão, todos os textos serão verificados pelos editores de modo que os textos que não estiverem de acordo com o escopo da Revista ou em conformidade com as Diretrizes para Autores serão devolvidos para adequação ou rejeitados pelos editores.  Em seguida, os textos serão encaminhados a pareceristas ad hoc em sistema blind review e o resultado das avaliações será comunicado ao(s) autor(es) via e-mail da Revista.

Os trabalhos serão avaliados segundo os seguintes critérios: a) qualidade do trabalho desenvolvido; b) consistência do procedimento metodológico; c) qualidade da bibliografia consultada; d) análise crítica do tema proposto.

Os originais podem ser escritos em português, inglês, francês ou espanhol e devem vir acompanhados de resumo na língua de origem e abstract ou résumé. Devem conter também de 3 a 5 palavras-chaves, traduzidas conforme o resumo. O título do artigo também deve ser traduzido.

Os textos submetidos deverão atender aos seguintes aspectos formais:

+ Os artigos devem conter de 10 a 35 páginas, as traduções de 5 a 35 páginas e as resenhas de 2 a 5 páginas. Os textos devem ser digitados em folha A4, letra Book Antiqua 12, espaçamento entre linhas 1,5, alinhamento justificado;

+ Todo artigo deve ser precedido por: título e subtítulo (se houver), separados por dois-pontos; nome completo dos autores, a instituição a qual são vinculados e seus endereços eletrônicos (e-mails); um resumo na língua do texto, que não deve ultrapassar 450 palavras, seguido de palavras-chave (3 a 5); título em inglês (caso a língua do artigo seja o inglês, é necessário colocar o título em uma segunda língua), e um abstract, seguido de keywords;

+ As citações de até três linhas devem estar contidas entre aspas duplas; as aspas simples são utilizadas para indicar citação no interior de citação. As citações com mais de três linhas devem ser destacadas com recuo de 4 cm da margem esquerda, com fonte Book Antiqua 11 e sem aspas. As supressões nas citações devem ser indicadas por reticências entre colchetes, e as interpolações ou comentários devem vir entre colchetes. Para enfatizar trechos da citação, deve-se destacá-los indicando essa alteração com a expressão "grifo nosso" entre parênteses, após a chamada da citação, ou "grifo do autor", caso o destaque já faça parte da obra consultada;

+ As notas de rodapé, que podem ser de referência, explicativas ou incluir indicações, observações e aditamentos ao texto, devem ser numeradas sequencialmente em algarismos arábicos, com o número de chamada em posição elevada no texto, após a pontuação que fecha a citação, e repetido no início da nota correspondente. O texto das notas de rodapé deve ser composto com fonte Book Antiqua 10;

+ No fim do texto, deve-se indicar as referências consultadas. Uma sequência genérica dos elementos essenciais de uma referência pode ser representada da seguinte maneira: AUTOR. Título. Tradutor (se for o caso). Local: Editora, data.

Alguns exemplos:

Livros:

INHELDER, B.; PIAGET, J. Da lógica da criança à lógica do adolescente: ensaio sobre a construção das estruturas operatórias formais. Trad. Dante Moreira Leite. São Paulo: Pioneira, 1976.

Capítulos de livros:

BRENELLI, R.P. Espaço lúdico e diagnóstico em dificuldades de aprendizagem: contribuição do jogo de regras. In: SISTO, F.F. (org.). Dificuldades de Aprendizagem no Contexto Psicopedagógico. Rio de Janeiro: Vozes, 2001. p.167-189.

Artigos:

MAIA, L. A Educação pelo FORA: Pedagogia e Filosofia da Diferença. Aprender - Caderno de Filosofia e Psicologia da Educação. UESB, Vitória da Conquista. v. 2, n. 1, p. 9-21, jan/jun, 2004.

Artigos em periódicos eletrônicos:

MONTOYA, A.O.D. Pensamento e Linguagem: percurso piagetiano de investigação. Psicologia em Estudo, v.11, n.1, 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pe/v11n1/v11n1a14. Acesso em: 23 de maio de 2007.

Trabalhos em Anais:

BORGES, R.R.; ASSIS, O.Z. M. de. A experiência prática de um trabalho construtivista na cidade de Barcelona-Espanha com a inclusão: um projeto pedagógico de qualidade para as creches. ENCONTRO NACIONAL DE PROFESSORES DO PROEPRE, 23. 2006, Águas de Lindóia. Anais: Educação e Inclusão Social. Campinas: FE/UNICAMP, 2006. p. 117-129.

Teses/Dissertações:

GUIMARÃES, K. P. Processos cognitivos envolvidos na construção de estruturas multiplicativas. Tese (Doutorado). Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, 2004.

+ Nos casos não contemplados por estas normas, devem-se utilizar como referência as normas para citação e referência da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Quaisquer outras informações, dúvidas ou sugestões devem ser encaminhadas ao e-mail: scheme@marilia.unesp.br

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.